12 de abr de 2016

Olhos Vendados (Faye Kellerman) @HarperCollinsB

Editora: Harper Collins Brasil
Páginas: 368
Gênero: Thriller Policial
Média do Skoob: 3
Média do Blog: 3 lupinhas
Compare e Compre

Olhos vendados apresenta os personagens que tornaram Faye Kellerman um sucesso mundial, o detetive de homicídios Peter Decker e sua esposa, Rina Lazarus. 

A trama gira em torno da invasão do Rancho Coyote e dos assassinatos do milionário Guy Kaffey, sua esposa Gilliam e de alguns empregados, o filho Gil estava presente no momento da invasão e foi um dos sobreviventes.

Guy Kaffey junto com seus filhos Gil e Grant e seu irmão mais novo Mace, construíram um grande império de negócios. Mace estava enrolado com alguns casos de desvio de dinheiro e Guy também não era nenhum santo, visando pagar mais barato, contratava ex-membros de gangues para cuidar da segurança de sua família.

Mais um caso para o detetive Peter Decker e sua equipe, eles então começam a seguir as pistas, recolher as informações, interrogar todos os empregados, os seguranças e claro a família, todos são suspeitos até que se prove o contrário, não se pode descartar ninguém.

- Quando seu apartamento explodiu, foi uma merda. Mas não me importo. Isso é entre você e seu advogado de merda. Não sou detetive da área de narcóticos.
- Não vou dizer mais nada se você não me contar o que pode fazer por mim.
- Não sou da narcóticos, sou da Homicídios. Lido com assassinatos." 

Adorei narrativa, simples, fluida e super descritiva, com doses homeopáticas de humor e sarcasmo, narrado na terceira pessoa, foi como ver um episódio de uma série de investigação, bem delimitada, cada membro da equipe cuidando de uma parte do caso. O envolvimento da família do detetive Decker, mostrando o seu lado pai e marido. O trabalho da Rina como júri, ajudando e deixando Decker frustado por comprometer a segurança dela, foram muito bem aproveitados e necessários na trama. A história não pecou em nada, teve ação, aflição, tiroteio, envolvimento de gangues latinas, manteve o suspense sobre o mandante do crime até as últimas páginas. Não foi uma história surpreendente, mas teve seu valor.

Adoro os livros do gênero, não li muitos isso é verdade, mas já ouso dizer que quero ler todos os livros da Faye Kellerman, para ontem.

A diagramação está impecável, tem capítulos curtos, espaçamento bom, a capa está belíssima foi feito um trabalho excelente. Já estou ansiosa pela próxima publicação da série. 

" - Abri a porta porque quis. Provavelmente não foi muito inteligente.
   - Não foi inteligente, mas foi humano. É como dizem.
   - O quê?
   - Errar é humano, mas atirar no filho da puta é divino."    



Até a próxima!

Curta o CDL no Facebook

Siga @c_delivros no Twitter e @cdelivros no Instagram

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigada por comentar, Caçador(a)!
Volte Sempre!

Para postar links nos comentários, utilize o espaço correto:
1- Clique em Comentar Como:
2- Selecione a opção Nome/Url
3- Em nome, coloque o seu nome ou nick das redes sociais.
4 - Em Url, coloque o link do seu blog ou página das redes sociais.

Pronto, assim você comenta e ainda coloca os seus dados, sem fazer spam.

Para dúvidas, sugestões ou solicitação de informações, encaminhe email para: c.delivros@gmail.com

Caçadora de Livros. Todos os direitos reservados.©
Design e codificação por Sofisticado Design