28 de jan de 2016

Eva (William P. Young) @editoraarqueiro

Bom dia caçadores! Tudo bem com vocês?

O livro à apresentar é do autor William Young no qual tive o prazer de ler as obras A cabana e A travessia. Percebe-se que suas histórias são carregadas de ensinamentos espirituais com uma visão diferente com bases históricas religiosas sobre o sentimento humano, Deus, etc, mas voltados para uma realidade pessoal nossa, no qual vou explicar:

Editora Arqueiro
2015
240 páginas
Avaliação do Skoob: 3.0
Avaliação do Blog: 4.0
Compare e Compre

A história de passa em uma dimensão desconhecida entre o céu e a terra. John que é um catalogador que registra tudo que entra no plano espiritual, estava em seu momento de oração quando recebeu a visita de Eva, que o comunicou sobre a chegada de uma criança e que esta seria muito importante para a humanidade pois testemunharia a verdadeira história da criação.

"Mas há três em especial que se erguerão para representar a todos nós: aquela que recebeu a promessa da semente, aquela cuja semente esmagará a cabeça da serpente e aquela à qual a semente se unirá para sempre. [...] A chegada desta  menina marcará o início do fim."

Logo John recebe o chamado de que um contêiner chegara da terra, só que ele não esperava uma tragédia tão cruel vinda dos homens: 12 restos mortais de adolescentes brutalmente assassinadas.

John muito arrasado porém firme, começa a examinar o local com o objetivo de buscar resquícios que levem ao motivo daquela brutal tragédia feita pelos homens e logo descobre suas suspeitas: uma jovem aparentemente morta estava escondida na parede do contêiner. 

Mas a garota, que se chama Lily Fields, estava viva, porém muito machucada e no qual precisou ficar internada para tratamento. Logo John que ficou conhecido como o descobridor dessa jovem, se sente responsável e passa acompanhar seu tratamento.

Entre o vaivém do despertar e adormecer de Lily no hospital, John tenta descobrir mais informações e ao mesmo tempo busca carisma com a garota, que a princípio fique muito receosa com sua presença. Isto porque Lily perdeu a memória e nada sabe de quem é e de onde veio. 

"O Éden é o grande deleite, o mais profundo e verdadeiro de todos. Chegará uma era em que este jardim abrangerá toda a criação e todas as dimensões."

Mas Lily sabe que algo muito triste pesa sobre seu interior, onde gera dúvidas sobre sua fé, a falta de confiança e amor próprio. E quando fica entra ganhar amizade com John quando acordada e sono, logo ela é convidada por Eva para estar um lugar que não imaginaria existir: o Jardim do Éden.

Nesta jornada espiritual, Eva mostra a Lily que a história da humanidade e de sua criação vai muito além do que superficialmente fora ensinado na escola e a garota descobrirá seu propósito de vida assim como de seu criador e uma revelação que irá mudar seu destino. Qual o objetivo de Deus para a humanidade? Qual o propósito de Lily como testemunha da criação daa terra e o que isso pode nos causar? O que aconteceu no Jardim do Éden afinal?

***

As pessoas poderiam ficar um pouco receosas de ler Eva, pela questão religiosa e não aceitar do que está escrito na trama por ser um ponto de vista diferente do que costumamos ler. Mas Young convida o leitor a questionar certas coisas e não precisa necessariamente aceitar o que ele aborda, mas somente à crítica em um ponto de vista diferente porém relevante.

Eva é um suspense no qual o autor traz uma nova visão sobre o que aconteceu no Jardim do Éden, o que pode gerar polêmicas para muitos conservadores. Para quem já leu a A cabana, por exemplo, sabe que Young usa linguagens e conceitos teológicos muito abordantes, pois critica o comportamento humano e traz à tona seus sentimentos e relações com a espiritualidade e com Deus. 

Isso é um livro de auto-ajuda? Nem pensar! É uma trama muito intrigante que aborda questões espirituais e religiosas com base histórica, o que é bem diferente. A meu ver, é muito interessante comparado com muitos ensinamentos que ditam na escola, por exemplo, e praticamente faz o leitor usar a razão para questionar sobre certos fatos, apesar de ser ficção.

Para não prolongar, mas já prologando (risos), adorei a história, o contexto, a narrativa do autor, - é em terceira pessoa - que a princípio pode deixar o leitor confuso sobre localização dos personagens, mas depois vai se adaptando à leitura, no qual de forma geral, é muito agradável. 

O que retratei aqui é so 1/3 da riqueza que o leitor irá descobrir e se encantar neste livro, então vale à pena dar uma lida, mesmo para aqueles de mente fechada. É um livro um pouco complexo, então o que conselho é voltar a leitura sempre duas ou três vezes para observar os sinais e elementos compostos.


A capa é muito bonita e significativa para a trama e cada capítulo tem seu título com uma maçã ilustrada, para nos lembrar do fruto proibido.  As folhas são amarelas e lisinhas com uma fonte boa, enfim, nem precisa questionar o carinho excelente que a Arqueiro tem por cada obra de seu catálogo. Por tudo merece 4 lupinhas :)

O que acharam da resenha? Não spoilei, juro! 







Curta o CDL no Facebook

Siga @c_delivros no Twitter e @cdelivros no Instagram

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigada por comentar, Caçador(a)!
Volte Sempre!

Para postar links nos comentários, utilize o espaço correto:
1- Clique em Comentar Como:
2- Selecione a opção Nome/Url
3- Em nome, coloque o seu nome ou nick das redes sociais.
4 - Em Url, coloque o link do seu blog ou página das redes sociais.

Pronto, assim você comenta e ainda coloca os seus dados, sem fazer spam.

Para dúvidas, sugestões ou solicitação de informações, encaminhe email para: c.delivros@gmail.com

Caçadora de Livros. Todos os direitos reservados.©
Design e codificação por Sofisticado Design