27 de jan de 2016

A Passagem (Justin Cronin) @sextante


Editora Arqueiro
816 páginas
Livro I
Média no Skoob 4.4
Classificação do blog 5

Grande pra cara***, mas um dos melhores que já li sobre ficção. É um autor novo e resolvi arriscar. Bom, arrisquei e acertei. O livro é muito bom, a história te cativa cada vez mais a cada página e o anseio só aumenta em saber como as coisas iram se desenrolar.

A história é dividida em algumas partes e existe uma grande variação de suavidade e adrenalina ao longo do texto. A história nos apresenta a garotinha Amy, vítima do macabro projeto Noé, Amy é uma cobaia, juntamente com outros doze criminosos que estão no corredor da morte. Eles deveriam ser estudados para a criação de um vírus que serviria como fonte da juventude para a humanidade e traria fim as doenças. O vírus ainda traz força, inteligência acima da média e possui efeitos colaterais como hipersensibilidade a luz e um ponto fraco localizado abaixo do esterno. Isso os torna criaturas noturnas, algo meio vampiresco. Exceto Amy que foi escolhida por Deus para salvar o que restar do planeta.

Todo o experimento dá errado e as cobaias escapam espalhando o vírus pelo mundo. Eles caçam e infectam todos os seres vivos e isso torna o planeta um lugar perigoso para a sobrevivência humana. Cem anos se passam e somos apresentados as colônias, lugares onde os seres humanos sobreviventes vivem em situações precárias e lutam para permanecerem vivos.

Extremamente grande, mas tão agradável que não tive dificuldade alguma para ler. Carregar para todos os lados talvez seja a tarefa mais difícil, entretanto a história envolvente faz valer a pena. Os personagens são bem construídos e todos merecem a atenção necessária, misturando drama, ação e amor. Alguns aparecem rápido demais e isso me fazia questionar quem conseguiria sobreviver ao mundo pós-apocalíptico dominado pelos virais.



“Antes de se tornar a Garota de Lugar Nenhum – Aquela que Surgiu, A Primeira, Última e Única, a que viveu mil anos – ela era apenas uma menininha de Iowa chamada Amy. Amy Harper Bellafonte.”

Até a próxima!
Curta o CDL no Facebook
Siga @c_delivros no Twitter e @cdelivros no Instagram

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigada por comentar, Caçador(a)!
Volte Sempre!

Para postar links nos comentários, utilize o espaço correto:
1- Clique em Comentar Como:
2- Selecione a opção Nome/Url
3- Em nome, coloque o seu nome ou nick das redes sociais.
4 - Em Url, coloque o link do seu blog ou página das redes sociais.

Pronto, assim você comenta e ainda coloca os seus dados, sem fazer spam.

Para dúvidas, sugestões ou solicitação de informações, encaminhe email para: c.delivros@gmail.com

Caçadora de Livros. Todos os direitos reservados.©
Design e codificação por Sofisticado Design