1 de set de 2015

Sessão Duplex: Simplesmente Ana e De repente, Ana (Marina Carvalho) @Novo_Conceito

Média do Skoob:
Simplesmente Ana: 4.2
Compare & Compre
De repente, Ana: 4.3
Compare & Compre
Média do Blog: 3 lupinhas

Se você é daqueles que já assistiu ou leu sobre Princesas ou de garotas que até então não sabiam da existência de um pai Rei vai adorar esses livros.

Ana Carina ou Simplesmente Ana, é uma garota comum do Brasil, estudante de Direito, com uma certa paixonite pelo Artur e com uma super melhor amiga chamada Estela, ela é descoberta pelo seu pai através do Facebook.

Decidida Ana vai parar em Krósvia, conhecendo essa nova nação e seus costumes, se apaixonando pelo lugar e pelas pessoas. Ela conhece Alexander, metido a bad boy, enteado de seu pai, que a princípio não se entendem muito bem, ele acredita que ela pode ser mais uma querendo se dar bem. Entretanto, com o passar dos dias, Alex começa a mostrar os seus lugares preferidos para Ana. Ela acredita que ele está fazendo isso só para agradar o Rei. 

Um grande amor cresce entre eles, com todos seus altos e baixos. Eles assumem uma relação, mas sempre tem algo, alguém ou alguma situação que pode atrapalhar ou até mesmo por fim nessa história. 

O livro é narrado em primeira pessoa pela Ana, é uma leitura bem fluída, algumas cenas me fizeram lembrar dos filmes, Tudo que uma garota quer (2003) e O diário de uma princesa (2001). Uma história simples sem muitos floreios.

Em De repente, Ana, uma situação abala todos na Krósvia e no mundo, Ana que até então está no Brasil retorna para Krósvia para ficar com seu pai que sofrerá um acidente, e em meio as tristezas, ela é obrigada a reinar. 

Ana segue uma rotina de reuniões e viagens, algumas pessoas lhe auxiliam, outras querem que ela desista ou que fracasse, passando por várias dificuldades, intrigas da oposição e até mesmo um sequestro. No mundo da política e dos negócios não se pode confiar em ninguém.

Narrado por Ana, também nos é apresentado o POV (point of view/ ponto de vista) de Alex, o que  torna bem mais interessante, pois a visão masculina muito me agrada nos livros, mas me incomodou um pouco o fato dele não ser brasileiro. Em determinadas falas nós acreditamos que ele seja, algumas gírias usadas por ele não caíram bem na escrita, acredito que tenha ocorrido uma pequena escorregada da autora.

O segundo livro tem uma diagramação bem melhor, mais uma vez foi uma leitura simples, fácil e bem agradável. 

Por tudo mencionado os dois livros levaram 3 lupinhas.
Até a próxima!


2 comentários:

Joe Almeida disse...

Comprei, rescentemente, esses dois livros e estou muito animado para realizar a leitura. As sinopses me deixou muito empolgado. Gosto dessa temática. Sua resenha dupla foi boa e me incentivou mais ainda a ler. A Króvia me parece um país legal. Bjs

Vânia M. R. Nascimento disse...
Este comentário foi removido pelo autor.

Postar um comentário

Obrigada por comentar, Caçador(a)!
Volte Sempre!

Para postar links nos comentários, utilize o espaço correto:
1- Clique em Comentar Como:
2- Selecione a opção Nome/Url
3- Em nome, coloque o seu nome ou nick das redes sociais.
4 - Em Url, coloque o link do seu blog ou página das redes sociais.

Pronto, assim você comenta e ainda coloca os seus dados, sem fazer spam.

Para dúvidas, sugestões ou solicitação de informações, encaminhe email para: c.delivros@gmail.com

Caçadora de Livros. Todos os direitos reservados.©
Design e codificação por Sofisticado Design