3 de set de 2015

Blogosfera Literária: Como ser mediadora de leitura e eventos?

Bom dia, caçadores!
Tudo bem com vocês?
Preparados para mais um tema da série blogosfera literária?

Se você ainda não viu a série sobre a Blogosfera literária, peço que olhe rapidamente as primeiras portagens, para entender o texto de hoje:  Criar um blogSer colunista de um blogCriar um Clube do livro, Polêmicas na blogosfera, Por que temos preconceito? e União de Mídias ou Exclusão do blog.

Hoje o tema é sobre a mediação de leitura.
Um tema que adoro falar e aplicar diariamente.
Mas, o que é a mediação?
Qual o papel do mediador?
Tudo isso e muito mais você vai saber agora:

Trechos extraídos do portal IBIM:
Para os especialistas da área da mediação de leitura, a prática dessa atividade busca, primordialmente, introduzir o livro como rotina na vida do leitor, permitindo-lhe amplo acesso ao material impresso, para que ele se sinta atraído não só pelo seu conteúdo, como também pelo seu formato. Dessa maneira, espera-se incentivar o hábito de ler e ampliar o gosto pela leitura em si.

A atividade de mediação de leitura consiste em um ato de ler para crianças, jovens ou adultos, de uma maneira livre e prazerosa, que não exige do mediador grandes habilidades artísticas. O importante é que esse mediador demonstre um verdadeiro entusiasmo por essa atividade e compartilhe com os leitores a troca de experiências por ela ensejada.

O mediador é aquela pessoa que vai facilitar o conteúdo trabalhado, focando no dinamismo e na empolgação ao trabalhar o livro.

O mediador precisa sempre fazer uma pesquisa apurada sobre o livro que vai ser trabalho, os conteúdos abordados, as conexões com o que existe no País, Estado e Cidade, analisar o que o escritor tentou passar de mensagem para o leitor, enfim, trabalhar o conteúdo de forma proveitosa para todos. 

Pode parecer até brincadeira, mas para ser mediador você precisa estudar.
Aliás, para tudo nessa vida. 
Se você pensou que iria só fazer o ensino médio ou superior e parar de estudar, tenho que dar esse choque de realidade: Você nunca vai parar de estudar!

Se você colocar na internet há artigos, monografias e alguns cursos que ajudam na formação de mediação, mas antes de tudo, para ser mediador, você precisa ter vocação.


Se você tem essa chama dentro de você, você já conseguiu a primeira etapa e agora é a hora de correr atrás do conhecimento científico.

Falando sobre a minha experiência, eu posso dizer sem sombra de dúvida, que todo o trabalho vale a pena. Ver tantas pessoas falando sobre livro, falando sobre os temas que ele aborda e hoje já conseguindo identificar as mensagens dos escritores, por mais suaves que sejam, gente isso é lindo! 

Acontece uma verdadeira releitura, pois em grupo você consegue absorver tudo do livro, itens e elementos que você passou batido, em grupo você consegue captar, por isso eu adoro esse dinamismo.

No último encontro do Clube aconteceu justamente isso. Várias opiniões, contrárias inclusive, mas todos abordaram elementos do livro escolhido, fazendo com que todos conseguissem reler o conteúdo de forma plena. Eu não precisei instigar, pois todo mundo tocou nos temas específicos. Lindo!

Mas, para simplificar a vida, vou colocar alguns itens para você que quer ser um mediador, possa seguir, assim você já começa sabendo, ao contrário de mim, que fui na raça mesmo. rs

1- Organização. Seja um livro, vários livros ou um gênero específico, você deve sempre pesquisar sobre, fazer a relação com vídeos, músicas, revistas, etc e programar como vai ser o dia do encontro/evento na sua cabeça e no papel (o que você vai levar? o que vai organizar para animar os participantes? quais os temas abordados? quais temas mais calorosos? o que fazer para não deixar o público irritado, mesmo que ocorra opiniões contrárias? vai ter algum jogo ou brincadeira? vai ter lista de frequência? qual o horário de início e fim? quem chegar depois vai poder participar? vai ter sorteio? lanche? O que o grupo já leu? Do que gostam? O que leem atualmente?  O que precisam conhecer?)

Tenha ciência que não se forma um leitor e nem se aumenta o conteúdo lido de uma hora para outra. O trabalho de mediação exige tempo, continuidade e disposição.


2- Depois que você já anotou tudo o que vai fazer, você começa a divulgação do evento (aqui eu já penso que você conseguiu o espaço e já tem o mais básico programado. Caso não tenha, leia o tema Criar um Clube do livro), seja na internet, seja na mídia escrita, nas rodas de amigos, enfim, divulgue. Faça um pequeno texto sobre o que vai acontecer e envie. Se não divulgarem, não se sinta chateado, já tenha em mente que quando o assunto é educação/cultura, ele fica para depois. Então tire o desânimo de você, afinal a propaganda boca a boca ainda é a melhor.

3- No dia do encontro, você já tem tudo esquematizado: temas, material que vai usar, as surpresas/brincadeiras que preparou, então basta você animar o pessoal. Nada de deixar todo mundo parado, olhando para o teto. Instigue sempre! Se a pessoa é calada, faça com que se apresente, fale um pouco sobre si, o que gosta, qual gênero chama atenção. Se a pessoa fala demais, peça com gentileza que ela deixe os mais calados falarem. O papel aqui é fazer com que todos se sintam acolhidos, pois somente em um ambiente harmônico, as pessoas irão se abrir para o debate. E aí a empolgação toma conta.

4- Deixe os problemas do lado de fora. Você é o mediador, então não pode deixar a peteca cair. A única vez que a peteca balançou comigo foi um dia que eu estava doente. Sério! Fui doente para o encontro, afinal já havia marcado, todo mundo havia confirmado e eu não poderia deixar todo mundo ali. Mas, se der para você adiar, faça isso. Animação e doença não combinam. rs

Acredito que consegui resumir um pouco como ser um mediador, seja de leitura, seja de eventos, mas caso você tenha alguma dúvida, deixe o seu comentário aqui, tudo bem? Irei responder assim que voltar da bienal.

Para você ficar animado, vou deixar uma lista com alguns filmes que tratam sobre o mediador de leitura:



O CLUBE DE LEITURA DE JANE AUSTEN
 

MAIS ESTRANHO QUE A FICÇÃO

SOCIEDADE DOS POETAS MORTOS
 

Até a próxima!

Um comentário:

Joe Almeida disse...

Fê, fico imaginando o quanto deve ser prazeroso e desafiador ser um mediador de literatura. Já fiz um projeto literário com meus amigos leitores e nos reuníamos para falar sobre os livros lidos no mês. Foi uma experiência muito boa, imagine isso em proporções maiores. Amei sua postagem!

Postar um comentário

Obrigada por comentar, Caçador(a)!
Volte Sempre!

Para postar links nos comentários, utilize o espaço correto:
1- Clique em Comentar Como:
2- Selecione a opção Nome/Url
3- Em nome, coloque o seu nome ou nick das redes sociais.
4 - Em Url, coloque o link do seu blog ou página das redes sociais.

Pronto, assim você comenta e ainda coloca os seus dados, sem fazer spam.

Para dúvidas, sugestões ou solicitação de informações, encaminhe email para: c.delivros@gmail.com

Caçadora de Livros. Todos os direitos reservados.©
Design e codificação por Sofisticado Design