25 de abr de 2015

O Príncipe dos Canalhas (Loretta Chase) @editoraarqueiro

Boa noite, caçadores!
Tudo bem com vocês?
Gente, tenho uma ótima para contar.
Todo mundo já percebeu que vai ter encontro de fãs de Romances de Época né?


Pois bem, como mediadora recebi a boneca (ARC) do lançamento O Príncipe dos Canalhas e gente, que casal divo esse! Sério! Como um casal foi ser tão bem bolado assim? É muito amor envolvido! Sério! E não pense que é cheio de mimi, dengos e etc. Aqui os dois, tanto o Lorde Belzebu (Sebastian Ballister) quanto Jéssica Trent são inteligentes, decididos, objetivos e fazem uma dupla explosiva como há tempos não olhava no gênero. Tanto é, que a Arqueiro fez um vídeo super fofo e ele é o livro que fez o núcleo do roteiro. Se você não viu, basta clicar aqui.

Média do Skoob: 4.7
Classificação do Blog: 5 Lupinhas

Lorde Belzebu, ou melhor Sebastian Leslie Guy de Ath Ballister (Sebastian Ballister) teve uma infância complicada. A sua mãe, Lucia Usignuolo de 17 anos casou com o seu pai, o Lorde (Dain) Dominick Edward Guy de Ath Ballister de 42 anos, porém o comportamento nada tradicional de Lucia fez com que lorde Dain a evitasse, o que culminou na fuga da mesma com um rico comerciante, deixando o seu filho de oito anos para enfrentar a fúria do pai.


Sinceramente eu não culpei a mãe do Sebastian, pois viver com o Lorde Dain era a visão do inferno. Pelo pouco que ele aparece no livro, minha gente, eu não sei como ele se suportava. Que babaca! Ele era um babaca!

Bom, voltando ao Lorde Belzebu: Sebastian foi considerado uma criança feia por todos da casa, porém ele só não era aquele rosto tradicional, aqui já é abordado o bullying, algo que Sebastian sofreu e muito! Quando o seu pai (que mais parecia um monstro) enviou Sebastian para Eton (internato), Lorde Belezebu foi forjado e ai meus queridos, a trama ganha corpo, ritmo e fatos mais do que interessantes.

- Ele logo se tornou o melhor amigo de Wardell. E então, é claro, não houve mais nenhuma esperança para ele.
p. 13.

A criança franzina se transformou em um homem forte, destemido, inteligente e um gênio para os negócios. Tais características ajudaram e muito, pois o Lorde Dain além de morrer fez questão de transformar o dinheiro da família em dívidas, as quais foram sumariamente quitadas pelo filho.

Mas, como nem só de negócios, festas e outros itens se faz um livro, aparece Jéssica Trent. Jéssica é irmã do cabeça de vento Sir Bertram Trent. Jéssica tem 27 anos, linda, solteira e inteligente. Possui um olhar clínico, o que lhe ajudou a obter uma ótima peça, por um pequeno valor e que se revelou ser um objeto precioso.

O mais interessante é que quando você vê a entrada de Jéssica na história, você já analisa que o encontro dela com Lorde Belzebu vai ser inevitável e explosivo, não pela análise que vocês estão fazendo, mas pela raiva latente de Jéssica, afinal o seu irmão está lotado de dívidas, pois quer acompanhar Sebastian em todas as paradas de sucesso.

Aqui eu achei Jéssica bem possessiva, pois vamos combinar: a inteligência da família foi pra ela, o irmão é um zero, não sabe de nada, é lento, lerdo, chato e só serve para atrapalhar. A autora foi feliz com a caracterização desse personagem, pois ele é o contraste de tudo pelo qual Jéssica e Sebastian são formados. Por isso, você torce por eles, pois apesar do comportamento explosivo dos dois, eles se completam de uma forma, que minha gente é lindo de ver!

Mas, se vocês pensam que é só romance, pode parar por aí, muita coisa vai rolar nesse livro, inclusive fatos do passado de Sebastian, que surgem para atribular o casal.

E depois disso tudo, eu não contei nem 10% da história! Há várias surpresas durante as 287 páginas.

A capa é linda, mas a minha caracterização do Lorde Belzebu é bem diferente, achei ele parecido com o The Rock.
Já a Jéssica me lembrou a atriz que faz Outlander.

Não posso analisar a diagramação, pois recebi a boneca, mas tenho quase certeza que vocês, quando comprarem, irão receber um livro com páginas amareladas, letras médias e detalhes entre os capítulos.

E o conteúdo é ótimo!
Muito amor envolvido!

Por isso, o livro recebeu cinco lupinhas!

Gostaram?
Aguardo os comentários.
Até a próxima!

2 comentários:

Emyle May disse...

hahahahaha, rir muito quando caracteriza o casal! Amo Romance de época e fica ainda mais gostoso de ler quando a autora nao fica só naquele romance tradicionalista, e sim coloca pra afoguentar tudo e se superar nas surpresas. Amei sua resenha e o livro já está na minha lista de futura aquisição ^.^

Emyle May disse...

hahahahaha, rir muito quando caracteriza o casal! Amo Romance de época e fica ainda mais gostoso de ler quando a autora nao fica só naquele romance tradicionalista, e sim coloca pra afoguentar tudo e se superar nas surpresas. Amei sua resenha e o livro já está na minha lista de futura aquisição ^.^

Postar um comentário

Obrigada por comentar, Caçador(a)!
Volte Sempre!

Para postar links nos comentários, utilize o espaço correto:
1- Clique em Comentar Como:
2- Selecione a opção Nome/Url
3- Em nome, coloque o seu nome ou nick das redes sociais.
4 - Em Url, coloque o link do seu blog ou página das redes sociais.

Pronto, assim você comenta e ainda coloca os seus dados, sem fazer spam.

Para dúvidas, sugestões ou solicitação de informações, encaminhe email para: c.delivros@gmail.com

Caçadora de Livros. Todos os direitos reservados.©
Design e codificação por Sofisticado Design