6 de mar de 2015

Série de TV: Constantine (1ª Temporada) @NBC

Boa tarde caçadores, tudo bem?

Dando partida na segunda série já resenhada na minha coluna, hoje venho com uma que, embora esteja sendo bem recebida no Brasil, aparentemente está correndo risco de ser cancelada – como ocorreu com a Série de TV Drácula (confira aqui).

Para aqueles que são fãs de HQ’s da DC comics, do sobrenatural, não devem deixar de assistir a representação seriada do clássico John Constantine.


Para os que não o conhecem, tanto no HQ, quanto no seriado, John Constantine é um personagem da DC Comics que nasceu em 2 de setembro de 1964 no qual apareceu pela primeira vez em Swamp Thing#37 (junho de 1985), revista própria do Monstro do Pântano, mas teve sua revista própria um ano depois intitulada Hellblazer. Ele é um sujeito vigarista, mago ocultista e conhecedor de artes obscuras que tenta salvar a humanidade de forças demoníacas e celestiais.

Ano de produção: 2014
Produtores: Daniel Cerone, David, S. Goyer          
Duração: 430 minutos
Gênero: Fantasia, Terror
País de origem: Estados Unidos
Emissora: NBC
Avaliação: 4 lupinhas



A série é ambientada nos dias atuais nos Estados Unidos. Devido a eventos ocorridos em New Castle, Inglaterra (seu país de origem) John Constantine (Matt Ryan) se interna voluntariamente por alguns anos em um manicômio, mas ao receber uma mensagem oculta referente a Liv (filha de um dos seus mais antigos amigos), segue para Atlanta em Georgia para tentar salva-la – assim como seu pai, Liv é vidente no qual tem a habilidade de ver mundos além do nosso mundo e prever fatos sobrenaturais –, mas conhece o anjo Manny (Harold Perrineau) no qual diz ser seu protetor e o alerta sobre a resurgência das trevas para o plano terrestre.


E assim, John Constantine e seu melhor amigo Chas (Charles Halford) começam a elucidar vários casos buscando respostas para tentar a salvar a humanidade de uma possível invasão demoníaca seguindo um mapa com pontos marcados pelo sangue de Liv que são futuras manifestações demoníacas.

Durante a trama, Liv vai embora e surge uma nova vidente Zed (Angélica Celaya) que o acompanha na série ajudando nos casos sobrenaturais.

Eu achei a série muito boa e intensa, e tem muito a oferecer se for explorada devidamente. Segue uma análise detalhada:

Enredo: Como ela é baseada em um HQ de sucesso da DC Comics, ela tem muito material a ser aproveitada para a série, o que não visto nos primeiros episódios, mas que segundo a crítica geral, ela foi mais fiel aos HQ’s do que o próprio filme de mesmo nome, com alguns problemas. Entre os episódios não ficava explícito a ligação direta dos eventos, o que dava a visão de apenas uma narrativa sendo preparada para uma trama maior. Mas isso não deixou de que boa parte dos episódios não fossem bons, pelo contrário, só criando problemas diferentes.

Personagens: A princípio achei o protagonista sem carisma algum, parecia que ele não tinha a ambição de vencer o mal, mas no decorrer da trama ele acabou desenvolvendo o verdadeiro John Constantine como o conhecemos. Achei Chas muito louco, ele surgiu chamando a atenção mesmo falando pouco seguindo fielmente o protagonista, mas o fato mais marcante dele é por viver uma “vida de felino” ao conter 42 vidas. Sobre a Zed, é uma garota determinada com um passado muito misterioso, ela tem um papel importante ao de John e Chas salvando a vida deles em alguns eventos. Surgem alguns outros personagens ligados ao passado de John que dão uma consistência maior a trama.

Ambientação: Apesar de John ser Britânico e surgir citações ao seu país de origem e seu passado, os eventos da série ocorre nos Estados Unidos sendo totalmente explorado através do mapa e algumas partes no México.

Pós e Contras:  Os HQ’s criaram, moldaram e solicidificaram a imagem de John Constantine, tornando-o o sucesso que é hoje, dificultando o trabalho dos roteiristas na série. Segundo a crítica e opinião pública, o fato de John ser fumante ativo, causa impacto direito na história do HQ no qual não foi bastante explorado na série e a falta de uma trama maior também pesou para um possível cancelamento da série, o que rendeu baixa audiência.

Segundo os produtores da série, a NBC dará a resposta final se a série terá continuação, e ainda segundo eles – que torcem pelo retorno – se ocorrer, a série terá que passar em canal fechado, sendo na Syfy. Mas por que isso? Acredito pelo motivo de buscar a fidelidade da HQ, pra isso, o personagem vai se mostrar como o fumante que é de verdade, e também cenas fortes que não poderiam mostrar em canal aberto. Se o houver o retorno, terão que realizar uma mudança brusca e ao mesmo tempo adaptável que dê a impressão de continuação da 1ª temporada.

A curiosidade é que a 1ª temporada deveria ser com 24 episódios, então não se sabe se darão a continuidade da mesma ou se partirá com a 2ª temporada.


O que vocês, que já assistiram a série, acham? E os que não assistiram, digo que vale a pena a assistir, porque de fato terminou com um gostinho de quero mais!

Até a próxima!


Um comentário:

Natália Maria disse...

Olá!!

Eu assisti a série e curti muito. Mesmo só conhecendo o filme, deu para ter um gostinho do que é John Constantine. Aliás, acabei inclusive, me interessando pelas HQ's, que falta tempo para ler.

Dos fãs do personagem desde os quadrinhos, ouvi dizer que o ator que interpretou John ficou muito forçado e por isso talvez a aceitação não tenha sido plena. Também há o fato dele não fumar e outras coisas mais...

Eu gostei e espero imensamente que a série não seja cancelada. A DC bem que está precisando de uma ajuda com seus personagens de quadrinhos se de bem pelo menos nas telinhas...

Até mais

Postar um comentário

Obrigada por comentar, Caçador(a)!
Volte Sempre!

Para postar links nos comentários, utilize o espaço correto:
1- Clique em Comentar Como:
2- Selecione a opção Nome/Url
3- Em nome, coloque o seu nome ou nick das redes sociais.
4 - Em Url, coloque o link do seu blog ou página das redes sociais.

Pronto, assim você comenta e ainda coloca os seus dados, sem fazer spam.

Para dúvidas, sugestões ou solicitação de informações, encaminhe email para: c.delivros@gmail.com

Caçadora de Livros. Todos os direitos reservados.©
Design e codificação por Sofisticado Design