13 de fev de 2015

FILME: Trash - a esperança vem do lixo @UniversalPictures

Boa noite caçadores, como vão?

Bem, esta semana estive assistindo uns filmes bem interessantes e optei por resenhar este em específico porque ele está “dando o que falar” nas críticas brasileiras, e como eu adoro uma polêmica, pensei... porque não resenha-lo? rsrrs.

O filme baseia-se no livro Trash, de Andy Mulligan (de 2010), um autor inglês que já trabalhou como professor de Inglês e teatro na Índia, Brasil, Vietnã, Filipinas e Reino Unido. As experiências que obteve no Brasil e outros países citados fizeram com que Mulligan anotasse em diário e a partir disso surgisse o livro.

Trash: a esperança vem do lixo é um filme britânico de gênero drama e suspense de 2014 no qual foi realizada pela O2, dirigido por Stephen Daldry e tem como alguns atores famosos: Wagner Moura (Personagem: José Angelo), Selton Mello (Personagem:Policial Frederico), Rooney Mara (Personagem: professora Olivia), Martin Sheen (Personagem: Padre Juilliard), etc. Seu roteirista é Richard Curtis e como colaborador, o produtor diretor e roteirista Felipe Braga. Na produção Tim BevanEric FellnerKris Thykier e na produção executiva Andrea Barata RibeiroFernando Meirelles e Paulo Morelli.

Título original: Trash
Distribuidor: UNIVERSAL PICTURES
Ano de produção: 2014
Dirigido por: Stephen Daldry
Gênero: DramaAventuraSuspense
Nacionalidade: Reino Unido

A história se passa em torno de três crianças Raphael (Rickson Tevez), Gardo (Eduardo Luis) e Rato (Gabriel Weinstein) que vivem em um lixão no Rio de Janeiro. Um deles encontra uma carteira com alguns documentos, uma chave e dinheiro no qual divide com os amigos e juntos através de pistas deixadas por Angelo (Wagner Moura) no início do filme, vão desvendando um quebra cabeça em busca do que poderia ser um  “tesouro guardado”.


O que não imaginavam a princípio, é que um político corrupto muito poderoso estaria envolvido diretamente no que os garotos estão procurando e dá ordens para a polícia (também corrupta) para impedi-los. Raphael é violentado pela polícia a mando do policial Frederico (Selton Mello), o que acaba envolvendo a professora de inglês Olivia (Rooney Mara) e o padre Juilliard (Martin Sheen) ambos estrangeiros.

A professora Olivia então teve a ideia de realizar uma filmagem com os três, no qual serviria posteriormente. Os garotos tiveram que abandonar a região do lixão por estarem sendo perseguidos pela polícia e também por acabarem envolvendo os moradores do lixão em uma tragédia. Então eles continuam desvendando o quebra-cabeças até que descobrem o “tesouro” escondido por Angelo e mais um caderno vermelho que continha informações valiosas a respeito do político e o real motivo de toda a perseguição. 

Acontecem coisas surpreendentes nos quais os garotos não esperavam ao acha-lo e o final acaba contemplando o telespectador quanto ao “tesouro” e ao que acontece com eles.

Bem, eu imensuravelmente amei o filme, é algo que prende o telespectador do começo ao fim, porque mesmo que você não tenha uma vida como os moradores do lixão, é como se estivesse ao lado dos personagens sentindo toda a aflição que os garotos sentiram para não correr nenhum risco de vida.

Este filme obteve muitas críticas ruins por parte de empresas relacionadas ao cinema brasileiro, em questão de adaptação, enredo e também por não corresponder com a realidade justificando a não percepção por parte de uma produção inglesa e por não ser de fato uma produção brasileira e sim uma participação. A questão é que o livro  retrata duras e profundas situações de questão social, política e econômica, no qual acontecem em países de terceiro mundo. E ao adaptarem ao filme, escolheram o Brasil como cenário destas representações.

Dizer que não existe corrupção, o não gerenciamento correto do dinheiro público e descaso com o povo é pura hipocrisia, e mais que isso, é fechar os olhos para a vida não acham? Bem, o que espero é que tirem suas próprias conclusões assistindo este fabuloso e aventureiro filme.

Até a próxima!!


2 comentários:

My Favorite Book disse...

Como eu aaaammmooo o Wagner Moura *-* Como eu aaaammmooo o Selton Mello *-*
Acredita que eu tinha esquecido desse filme? D: Na época do lançamento eu queria muito ver, justamente por conter dois atores que eu tanto admiro. Mas aí acabei não assistindo e só agora lembrei dele oO Confesso que a temática não me atrai muito, só que você recomenda tanto que eu com certeza irei dar uma chance :D
Beijinhos

Brunna Carolinne - My Favorite Book - @MFBook
myfavoritebook-mfb.blogspot.com.br

Ana Spinardi disse...

Putz, eu não gostei desse filme. Não por retratar a vida no lixão ou a polícia e política corruptas, o que existe de fato no Brasil, mas por algumas situações que achei extremamente inverossímeis. A partir daqui, vou dar uns SPOILERS, então quem ainda não assistiu, não leia. Rs
1. Se o Wagner Moura já tinha o dinheiro e as provas, por que não foi diretamente à imprensa, ele teve tempo hábil pra fazer alguma coisa antes de ser pego, já que enterrou a grana no cemitério.
2. Como confiar que alguém entenderia as pistas que ele deixou e chegaria ao esconderijo da grana e das provas?
3. Qual o papel do tio dele na trama toda? Pra mim não fez o menor sentido.
4. Que ideia absurda foi aquela de deixar a filha no cemitério esperando que alguém aparecesse? Ela ficou dias lá!
Enfim, acho que podia ter sido um filme bom, mas no final achei bem ruinzinho...

Postar um comentário

Obrigada por comentar, Caçador(a)!
Volte Sempre!

Para postar links nos comentários, utilize o espaço correto:
1- Clique em Comentar Como:
2- Selecione a opção Nome/Url
3- Em nome, coloque o seu nome ou nick das redes sociais.
4 - Em Url, coloque o link do seu blog ou página das redes sociais.

Pronto, assim você comenta e ainda coloca os seus dados, sem fazer spam.

Para dúvidas, sugestões ou solicitação de informações, encaminhe email para: c.delivros@gmail.com

Caçadora de Livros. Todos os direitos reservados.©
Design e codificação por Sofisticado Design