16 de fev de 2015

After (Anna Todd) @EditoraParalela

Boa noite, caçadores!
Aproveitando o carnaval?
Bom, eu participei da #ML24Horas.
E consegui ler dois livros e fazer a capa de um livro (interativo), mas isso é assunto para outro post.
Agora, você vai conhecer um livro que me deixou com sentimentos conflituosos:

Série After
Classificação no Skoob: 3.8
Classificação: Três Lupinhas.

Como vocês já sabem, eu não leio as sinopses dos livros. Na verdade ou a capa me conquista ou não conquista. Nesse caso, houve uma repercussão sobre o livro e eu queria saber o motivo. A capa After (depois) já coloca uma interrogação do tamanho de um boi, pois se existe o depois, logicamente existe o antes.

E sabe quando a capa demonstra tudo o que vai ser o livro? Pois é... Uma tempestade se aproxima e o seu nome é Hardin.

Como Amar e Odiar um livro ao mesmo tempo?
After é um livro New Adult (Novo Adulto), por isso você vai encontrar a busca pelo autoconhecimento dos personagens, cenas explícitas de sexo, ambiente universitário, personagens agressivos em decorrência de traumas do passado, entre outras características do gênero.

Vamos começar?

Theresa Young, ou melhor Tessa é uma garota de 18 anos, que vai para a faculdade Washington Central cursar Literatura. Até aí tudo bem. Tessa é uma amante dos romances clássicos e quando eu digo romances, saiba que ela gosta daqueles trágicos e as obras de Jane Austen pra ela, são bem leves.
Achei ela muito parecida com a Bella de Crepúsculo. 

Tessa desde pequena tem um objetivo: entrar na faculdade. Isso se deve a vida familiar dela. A mãe sofria com as agressões do pai e quando este foi embora, se viu sozinha e ainda tendo que se virar para prover o sustento da sua filha. O típico caso de aborto paterno aqui pessoal. Mas, apesar de toda a dor que sofreu, a mãe da Tessa tornou-se controladora e impondo um padrão de vida para a filha: casar com Noah, o namorado que era mais amigo, que namorado, se formar, trabalhar e ter filhos, morando preferencialmente perto dela. Ok, no livro não tem isso, mas para o leitor experiente dá pra entender logo de cara. Mas, você deve estar perguntando: Oras, mas isso toda mãe faz, cuidar dos seus filhos. Eu não estou reclamando dos cuidados da mãe da Tessa, o que estou falando é que ela sufocou a filha e quando esta chegou no ambiente universitário, tudo desandou.

Tessa ao chegar no seu dormitório, B22, logo de cara já percebe que a sua estrutura de padrão perfeito começar a ruir, pois a sua colega de quarto Steph é bem diferente dela. Steph é uma menina de cabelos vermelhos vivos e braços tatuados.Mas, isso é só o início da tempestade, pois o drama mexicano acontece quando Tessa conhece os amigos de Steph: Nate e Hardin Scott.

Nate é super educado, já Hardin... Aqui começa o clichê que todos amam (eu não): Tessa e Hardin se detestam logo de cara, o que culmina em uma paixão passional. Sério! Quando eu digo passional, eu não estou exagerando não. E como eu disse, é uma paixão. Diferente do amor, nem sempre a paixão é bonita ou saudável.

Tessa é muito diferente do mundo de Steph, afinal ela gosta de estudar, tem milhões de alarmes no seu celular, gosta de dormir cedo, não bebe, namora, é virgem e já sabe o que quer para o seu futuro profissional. Tessa é uma boa menina e não tem malícia. Gente! Ela tem 18 anos e não tem malícia. Isso se deve ao fato de ficar tanto tempo presa em casa. Sério! Ela é completamente despreparada para a vida e por isso sofreu e muito. Tessa é uma idiota. O resumo da personagem é esse. Eu até no início senti uma conexão com ela, por gostar de livros, ter vários alarmes, saber o que queria ser desde cedo, mas a partir do momento que ela se deixa levar e acaba sendo maltratada e mesmo assim aceita, gente eu fiquei com uma raiva danada dela! Eu faltei entrar no livro e dar uns tapas na cara dela, para ver se ela acordava para a vida. Ela só acordou (quase) para a vida depois de um ato tão brutal, que só você lendo para entender. Aqui caros amigos, a violência psicológica é levada para outro nível. Sério! Um estudo de caso ótimo para a lei Maria da Penha.

Hardin é o típico bad boy. Ele sabe que é bonito, sabe que chama atenção, sabe que pode ter qualquer menina da faculdade, mas ele encasqueta com quem? Acertaram: Tessa. E o pior de tudo é que você embarca na onda dos dois. Você odeia os altos e baixos, mas por algum sentimento masoquista que você leitor possui, você continua lendo para saber se tem um final feliz e gente, não há final feliz! Há um final odioso, que sinceramente Tessa tem muito sangue de barata ou até uma versão doentia do que é o amor, porque olha...

Hardin é um babaca! Senti tanta raiva dele que demorei para dormir. Gente, ele merecia levar tanto soco na virilha e mesmo assim seria pouco pelo o que ele fez. Sério!

- Você não sabe nada sobre mim, seu babaca arrogante!
p. 57
- Você desperta o que existe de pior em mim.
p. 59
 Uma personagem que eu odiei, logo após o Hardin, foi a Molly. Sabe aquela mulher que é uma vaca? Uma falsa? Uma sem noção? Uma... ok, eu exagerei aqui, mas saibam que todos os palavrões existentes não são suficientes para classificar essa dita cuja.


E aqui vocês entenderam o porquê eu odiei o livro.

Agora entendam o porquê eu amei o livro:

Um dos personagens que eu gostei logo de cara foi o Landon Gibson e eu sinceramente pensava que iria ter alguma coisa entre ele e a Tessa, mas só foi amizade entre os dois, uma bela e fiel amizade.

A forma como Tessa começa a se desenvolver quando arranja um estágio é tão mais natural, que eu ainda acreditei na personagem. Pensei que ela fosse se tornar a mulher que prometia ser. Alguns personagens secundários aparecem e eu desejo que no segundo livro a relação de Tessa com Kimberly seja mais explorada. Essas duas tem tudo para serem ótimas amigas.

Sobre o aspecto físico do livro: a capa tem tudo a ver com o mesmo, as letras são médias, as folhas amareladas e em cada capítulo há a imagem do infinito.

Um livro que amei e odiei, por isso levou:



Gostaram?
Espero que comentem.
E sim, eu vou ler o segundo livro.

7 comentários:

Gustavo Henric disse...

Agora sim haha está decidido eu quero ler esse livro. Adorei a resenha. E eu gosto de sentir tudo isso em um livro, adorar e odiar (as vezes) kk.
E como assim ela tem 18 anos e não tem malícia?? Quero ler para ser o motivo disso.
Já tem o próximo livro? Ou ainda não saiu?
:D

Caçadora de Livros disse...

Gustavo obrigada pela visita!
Que bom que gostou da resenha! |º/
Sim, o segundo livro já foi lançado no Brasil!
E já estou com o coração na boca.
kkkk
Abs,

Paty Souza disse...

Oi Fernanda, tudo bem?
Ah, eu sei bem como é esse negócio de amar e odiar uma leitura, e não gosto quando isso acontece rsrs.
Mas já notei que After é um livro que não tem conquistado muitos leitores, mas você conseguiu me deixar curiosa quando fez referência a lei Maria da Penha....que violência psicológica Tessa sofreu?! Parece que o enredo oferece um plano de fundo diferenciado, você me mostrou outra visão, preciso conferir.

Beijos.
Leituras da Paty


Caçadora de Livros disse...

Paty eu ia colocar até a tipificação na resenha, mas como já peguei pesado deixei passar. kkkk
E sim, o livro tem muita violência psicológica, apesar de ter o seu grau leve ainda, mas...
Obrigada pela visita!
Bjks,

Ana Lícia disse...

Eita, eita... Odeio personagens idiotas. Já vi que vou ter um sério problema com este livro. kkk Ainda bem que tenho você para falar realmente o que vamos encontrar no livro. Tipo, esse negócio de menina boazinha, inocente e lerda... não me agrada. Gosto de atitude. Mas quem sabe eu leio este livro para tentar entender esse povo. Haha

Adorei a resenha.

Beijos!

http://livrosfilmeseencantos.blogspot.com.br/

Jessica Pinho disse...

Adorei a resenha! Encasquetar foi ótimo"! kkkk

Caçadora de Livros disse...

Jessica obrigada pela visita! =D

Postar um comentário

Obrigada por comentar, Caçador(a)!
Volte Sempre!

Para postar links nos comentários, utilize o espaço correto:
1- Clique em Comentar Como:
2- Selecione a opção Nome/Url
3- Em nome, coloque o seu nome ou nick das redes sociais.
4 - Em Url, coloque o link do seu blog ou página das redes sociais.

Pronto, assim você comenta e ainda coloca os seus dados, sem fazer spam.

Para dúvidas, sugestões ou solicitação de informações, encaminhe email para: c.delivros@gmail.com

Caçadora de Livros. Todos os direitos reservados.©
Design e codificação por Sofisticado Design