16 de abr de 2014

A cidade dos segredos (Sasha Gould) @Novo_Conceito

A combinação de romance histórico, segredos, sociedade secreta e mulheres fortes gerou a fórmula desse livro. Apresento para vocês:

Livro encaminhado pela Ed. Novo Conceito

Não é da sua conta se um velho e rico cavalheiro está disposto a pagar para obter favores de uma bela jovem [...]
p.05

Sou despertada às 2 horas da manhã, para fazer as preces, e novamente às 5 horas, para sair e cantar melodias perfeitas enquanto o sol de Veneza se eleva por trás das grades de ferro e das trancas, dançando por entre o mármore e o dourado da capela.
p. 07
Sasha Gould apresenta Veneza como nunca antes relatada. Esqueça as paisagens, o clima de romance, a música animada ou até mesmo as gôndolas, pois caso contrário, você vai se arrepender! 

Você tem um segredo?

Essa  é a pergunta primordial, mas não vamos colocar a carroça na frente dos bois.

A cidade dos segredos, primeiro livro da série Cross My Heart, apresenta como personagem principal a valente, apaixonada e corajosa, Laura della Scala. Conhecida como "a muda", Laura foi abandonada pelo inescrupuloso pai em um convento, para assim ser educada, cuidada e isolada da família. A abadessa Lucrezia, mais conhecida como olhar de réptil, inferniza a vida de Laura durante seis longos anos, porém uma morte prematura, faz com que Laura seja resgatada do convento e seja inserida na sociedade Veneziana. O que era motivo de alegria, vira lamuria, quando a personagem principal descobre tudo o que seu pai fez e o que não fez, para colocá-la naquela situação.

A centelha de alívio nos olhos dele enquanto eu gemia e as irmãs tentavam desgrudar meus dedos das grades e pisavam em meus pés para me impedir de dar pontapés.p. 16
Ao retornar para a cidade e ser a "novidade" do local, Laura percebe que a vida de aparências é mais complicada do que parece e que os homens que pensam que são os donos do lugar, na verdade são bonecos ligados em teias de segredos, que quando quebradas destroem todos aqueles que são envolvidos.

Uma personagem que aparece no livro, mas ao menos nesse é pouco explorada é Allegreza di Rocco. Uma mulher altiva, objetiva e inteligente, que ao ver Laura em dificuldade procura ajudá-la, mas nem tudo é de graça não é mesmo?

Aqui, à beira da morte - diz ele-, plantamos as sementes de nossa futura felicidade e da de sua família. Não é uma coisa maravilhosa para nós, Laura?
p. 69
A narrativa em primeira pessoa é bem rápida, temos total percepção daquela sociedade, dos modos das mulheres, da grosseria de certos homens e do poderio de um grupo, que apesar de escondido e secreto, é amplamente conhecido pelo seu poder e raio de alcance por todos.

Há romance, mas não é algo primordial. O que interessa é a transformação de Laura, que de muda passa a agir com objetividade, inteligência e o melhor de tudo, para de aceitar as fraquezas do pai.

Momento desabafo: Meus queridos, o pai da personagem principal é um tratante. Um incapaz, um ridículo, um viciado, ou seja, tudo o que há de pior em um homem. Nunca vi um sujeito tão pavoroso como esse e o que me deu mais raiva, foi a ausência de punição. O livro peca em diversos aspectos por isso. Esse homem tenta culpar Laura por todos os erros cometidos. Ele claramente pensa que a filha serve apenas para aumentar a sua riqueza. Sei que naquela época era mais ou menos esse o pensamento, mas como tenho o pensamento de anos de feminismo, não posso negar que a ira subiu a cabeça em alguns momentos.

Como disse, por ter apenas 253 páginas, o livro apressa algumas evoluções apressadas  de personagens, o que para alguns leitores detalhistas, como eu, é algo desnecessário, entretanto, há pontos que são extremamente detalhistas, principalmente quanto a relação de Laura e seu pai, o que me deixou nervosa.

A capa é bonita, as letras estão em bom tamanho, as páginas são amareladas e o conteúdo traz uma história que não é fantasiosa, mas merece lugar em sua estante.


Espero que tenham gostado e aguardo os comentários.

Até a próxima!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigada por comentar, Caçador(a)!
Volte Sempre!

Para postar links nos comentários, utilize o espaço correto:
1- Clique em Comentar Como:
2- Selecione a opção Nome/Url
3- Em nome, coloque o seu nome ou nick das redes sociais.
4 - Em Url, coloque o link do seu blog ou página das redes sociais.

Pronto, assim você comenta e ainda coloca os seus dados, sem fazer spam.

Para dúvidas, sugestões ou solicitação de informações, encaminhe email para: c.delivros@gmail.com

Caçadora de Livros. Todos os direitos reservados.©
Design e codificação por Sofisticado Design