16 de jan de 2013

Uma Garrafa No Mar De Gaza (Valérie Zenatti)

Bom dia, Caçadores!
Alair e Mônica resenham juntos hoje.

Ed. Seguinte
ISBN: 978-85-65765-02-2
128 páginas
Exemplar recebido para resenha.

Skoob
Compare & Compre



Alair - Eu nunca espero tanto de um livro, não mais. Aprendi que não podemos fazer isso para resguardarmos nós mesmos. Então o livro Uma Garrafa no Mar de Gaza foi aguardado com pouca ansiedade e apesar disso o devorei no dia seguinte. A leitura foi rápida e gostosinha. O conteúdo apesar de ser um pouco fraco conseguiu me prender até fim, o que não me agradou muito.

Mônica - Diferente do Alair, Uma carta no mar de Gaza foi um dos livros mais esperados por mim em 2012 e eu depositei muita esperança nele. Tinha o visto no site da editora e pensei: "Preciso desse livro". Tempinhos depois a Fernanda mandou um e-mail com opções de livros, quem estava lá? Sim ele! É claro que o escolhi de imediato, sabia que ele me traria valiosas informações sobre a faixa de gaza e o conflito Israel e Palestina, mas não era tudo o que eu tinha esperado. Sigam o Alair e serão felizes (Nada de ansiedades).


Alair - A personagem principal, Tal, é uma garota bastante otimista. Eu conheço pessoas como ela e já li livros com personagens otimistas assim, então seria bobeira dizer que ela me agradou consideravelmente. Sem dúvida alguma Tal é a melhor personagem. Não desprezo nenhum dos outros, mas eu adorei essa garota.

Mônica - Diferente novamente do Alair (rsrs), quando comecei a ler pensei: "qual é o problema dessa menina?" Ok que a atitude dela foi nobre e ela é deveras muito corajosa, mas ninguém manda cartas para uma pessoa de um povo que está em guerra com o seu, esperando mudar um conflito que dura há tempos. Não, isso não existe! Apesar de tudo, a inteligência dela e o modo como ela vive, assim como o da família dela me despertou e MUITO. Tanto ela, quanto o Naim mudaram completamente minha maneira de pensar. É claro que é um livro de Ficção, mas uma história de dois jovens sonhadores que aguardam mais do que nunca que seus povos vivam em paz entre si, sem serem rebeldes (Tá, o Naim jogou pedras nos soldados israelenses, mas isso até eu faria), mas enfim. Eu nunca imaginei que pudesse existir pensamentos como esse, pessoas jovens e sonhadoras em um lugar como aquele (drama), mas esse livro me fez ver que sim! Tal e Naim talvez sejam a representação da escritora que é Israelense e que possivelmente também está cansada desse conflito barato e sem sentido.

Alair - Um dia Tal pede ao irmão, que presta serviço militar perto de Gaza, para lançar uma garrafa com uma carta dentro no mar daquela região. A carta começa com “Prezado você”. Sem saber quem achará, Tal espera que a carta caia nas mãos de uma garota que tenha aproximadamente a sua idade e que queira manter contato. A carta foi toda escrita direcionada a uma garota com essas características, mas o destino reserva mãos menos delicadas que de uma garota.

Alair - Algum tempo depois um tal de Gazaman responde Tal por e-mail. Segue ai conversas e longos períodos sem respostas, depois mais conversas e por fim Gazaman se revela. Ele é na verdade Naim, um garoto da Palestina que mora na faixa de Gaza. Conversas e não conversas o livro vai seguindo. Tal é mais delicada e tenta construir uma amizade. Naim é mais grosseiro e resistente. O interessante é que mesmo o livro sendo trocas de e-mails, a autora foi introduzindo nos capítulos um pouco sobre a vida deles.

Alair - Para concluir eu só quero dizer que o livro vale a pena, mesmo que o final não seja o esperado durante todo o livro.

Mônica - Agora eu concordo com o Alair, o livro realmente vale a pena, principalmente se você é um apaixonado (a), curioso ou estudante do conflito (Árabes -palestinos X Judeus-israelenses). Se você não entrar em nenhum desses times, leia o livro só porque eu e o Alair indicamos, quer opinião melhor? rsrs

Classificação:
A capa não é nem um pouco atraente, nem mesmo em um milhão de anos. O conteúdo não é 100%, mas o livro virou filme. A diagramação é simples.


Gostaram?
Comentem!




7 comentários:

Lu disse...

olá.

Já tinha visto a capa do livro, mas não resenhas. ^^
Achei bem interessante a história e fiquei bem curiosa para ler. ^^

beijos.

Lu - http://www.leiturasedevaneios.com.br

Lorena Kelen disse...

Ei tem selinho pra você la no blog: http://sector-12.blogspot.com.br/2013/01/selinhos.html
Lorena Kelen.

João Victor disse...

Legal essa resenha em dupla.

Apenas fiquei em dúvida se rola um romance ou não entre os dois.

MOonika Monteiro disse...

Então João, na verdade a gente queria deixar essa dúvida no ar, mas como você já pegou no ar, te conto. Rola um sentimento entre os dois sim, mas... leia o livro. kkkkk

Fabiola Luz disse...

Eu li o primeiro capítulo e confesso que fiquei muito curiosa e louca pra ler mais.
Gostei da resenha.
Abraços!!!

Khrys Anjos disse...

Vocês conseguiram atiçar minha curiosidade. Agora terei que ler o livro kkkkkk

Um leve bater de asas para todos!!!!!

Ariana Alves disse...

Definitivamente a capa n é nem um pouco atraente.
Apesar da recomendação de vcs eu tb não consigo sentir vontade de ler esse livro huahauhauh

Aff, acho que estou mto do contra hj =X

Postar um comentário

Obrigada por comentar, Caçador(a)!
Volte Sempre!

Para postar links nos comentários, utilize o espaço correto:
1- Clique em Comentar Como:
2- Selecione a opção Nome/Url
3- Em nome, coloque o seu nome ou nick das redes sociais.
4 - Em Url, coloque o link do seu blog ou página das redes sociais.

Pronto, assim você comenta e ainda coloca os seus dados, sem fazer spam.

Para dúvidas, sugestões ou solicitação de informações, encaminhe email para: c.delivros@gmail.com

Caçadora de Livros. Todos os direitos reservados.©
Design e codificação por Sofisticado Design