4 de jan de 2013

Nada é para sempre (Ali Cronin)

Boa noite, caçadores.
Tudo bem com vocês?
Como foi o início de 2013?
Muita animação?
Bom, vocês sabem que o tempo anda corrido, mas mesmo com o corre corre, vocês sabem que o CDL não deixa vocês na mão.
Vamos começar?

A resenha de hoje é do livro:
Livro encaminhado pela Companhia das Letras
Selo Seguinte

Nada é para sempre é o primeiro volume da série Garota <3 Garoto.
Uma série dinâmica que retrata a evolução que todo mundo passa, principalmente quando toca em um assunto, que até então era um tabu: relações sexuais na adolescência.

Esse livro chamou muito a minha atenção e logo solicitei, porém fiquei chateada e muito com a personagem principal.
Imaginem uma menina, que até então era super centrada. Até ai tudo bem. Porém em uma viagem, ela conhece um rapaz mais velho e cai na lábia do malandro igual uma "pata". Sentiram o drama? Mas, vou explicar melhor:


Sarah tem 17 anos, possui uma família bacana e amigos fieis. A única da turma (ao menos em relação as meninas) que era virgem, porém esse status muda quando ela faz uma viagem para Espanha e conhece o Joe.

Até então conhecida como a careta, Sarah muda em decorrência desse suposto relacionamento com Joe e o que era felicidade com um pouco de mel vira vinagre com respingos de fel.

O livro apresenta conversações entre os personagens e narração feita pelo ponto de vista da Sarah, em alguns momentos.

"Obrigado. Eu achei".
"Legal. Sorte sua", eu disse, espirituosamente.
P. 11

Mas aí veio o momento decisivo da nossa amizade: o sr. Evershot tropeçou ao passar pela nossa mesa e sussurrou baixinho:
"Porra."
P. 21

Meu quarto se fechava em volta de mim. O médico no hospital tinha dito a mamãe e papai que eu precisava ir com calma, o que eles interpretaram como um passe livre pra me manter na cama.
P.189

Confesso que somente em alguns momentos gostei do livro, justamente quando o grupo de amigos (Ashley, Donna, Cass, Ollie, Jack e Rich) da Sarah colocam ela no mundo real, pois cá entre nós, a menina viaja legal durante o livro. Ela com 17 anos pensa que está em um filme da Disney, com direito ao príncipe encantado e o cavalo branco.

Mas, o bom do livro é justamente isso, apresentar um alerta para as meninas que existem no mundo que se deixam levar, como a Sarah.

Não posso revelar mais informações, mas já estou esperando o segundo volume, até por um fato muito fofo que aconteceu e pela boba da Sarah não ter aproveitado (Certas horas tive vontade de bater nela, sério!).

O livro foi muito bem estruturado, a capa ficou bonita, mas já apresenta um spoiler básico, porém o conteúdo, apesar de bem escrito, não me conquistou pelas atitudes da personagem principal.
Por isso, a classificação geral ficou em duas lupinhas.


Aguardo os comentários de vocês.
E para quem ainda não está participando, entre na festa e participe do aniversário de dois anos do CDL.

Até a próxima!

7 comentários:

Khrys Anjos disse...

Achei bacana por você o classificar como um alerta para as meninas. Só por isso já vale a pena ser lido.

Um leve bater de asas para todos!!!!!!

Luisa Cullen disse...

Nossa, pensei que ele fosse melhor,mas entendi que o problema é justamente a personagem principal.
Vou ler, mas acho que vou querer bater nela também.

João disse...

Interessante a observação para as meninas.
Notei que a Sarah é bem influenciável

Juliana K disse...

Não gostei da Sarah, pelo que você descreveu, eu vou pegar raiva dela.

Sonia disse...

É muito importante que se escreva livros com uma temática mais realista( não só distópicos, sobrenaturais que são interessantes mas não reais).
Assim, os mais novos podem aprender lições de vida e usar no seu dia-a-dia.

soniacarmo
retalhosnomundo.blogspot.com.br

Ariana Alves disse...

É infanto juvenil neh?
Não dá p esperar atitudes lá mto maduras de uma garota de 17 anos, rss.
Sei que dá raiva, mas qtas vezes nós mesmas n fizemos coisas completamente estúpidas?
(eu mesma já fiz muitas apesar de ser devidamente avisada e alertada por amigos e continuo fazendo até hj)

Enfim, não gostaria mto do livro assim como vc, mas não crucifico a personagem hehe

Bjus!

Caçadora de Livros disse...

Ariana, bem-vinda!
Gostei da sua opinião.
Mas, com 17 já temos uma ideia das coisas, rs.
A personagem principal vacilou demais nesse livro. ^^

Sonia, obrigada pela visita.
Sobrenatural é bom, mas escrever sobre a realidade é melhor ainda. ^^

Luisa, Juliana e João, a personagem principal é complicada...

Khrys, obrigada pela visita!^^

Postar um comentário

Obrigada por comentar, Caçador(a)!
Volte Sempre!

Para postar links nos comentários, utilize o espaço correto:
1- Clique em Comentar Como:
2- Selecione a opção Nome/Url
3- Em nome, coloque o seu nome ou nick das redes sociais.
4 - Em Url, coloque o link do seu blog ou página das redes sociais.

Pronto, assim você comenta e ainda coloca os seus dados, sem fazer spam.

Para dúvidas, sugestões ou solicitação de informações, encaminhe email para: c.delivros@gmail.com

Caçadora de Livros. Todos os direitos reservados.©
Design e codificação por Sofisticado Design