31 de out de 2012

Resenha: A Promessa (Richard Paul Evans)

Bom dia, Caçadores!

"Um livro fraco e desajeitado." - Alair Lemes.



Ed. Lua de Papel
ISBN: 9788563066695
288 páginas
Skoob
Compare & Compre



Não se engane – o dia do acerto de contas sempre chega pontualmente. Podemos ignorar o rochedo que se aproxima, mas não podemos ignorar a colisão. – Diário de Beth Cardall.
Página 249

O livro sempre inicia o capítulo com um trecho do diário de Beth e alguns são particularmente maravilhosos. Mas o que fazer quando o que vem logo depois não é tão bom assim? Ok, esses trechos são legais, mas a narrativa do autor não é boa, é pobre. São muitos diálogos rápidos e pouca descrição de cena. As vezes isso até nos confunde durante a leitura e você diz: “opa, deixa eu voltar porque não entendi.” 

Para quem está curioso: A Promessa conta a história da sofredora Beth. Ela vive com pouca grana juntamente com a filha Charlotte de seis anos e o marido Marc. Ele é viajante então ela passa a maior parte do tempo com a filha que começa adoecer. Resumidamente, Marc sempre a traiu durante as viagens e acaba morrendo de câncer dependendo da mulher para tudo, um trecho lamentável. Charlotte que vivia doente e nada dos médicos descobrirem a causa tem o diagnóstico feito por um cara estranho que Beth acaba conhecendo na manhã de natal, Charlotte tem doença Celíaca (um fato interessante é que eu tenho uma melhor amiga com essa doença. Vocês precisam pesquisar sobre isso no Google porque é interessante).

Nem posso contar muito sobre o romance de Beth com Matthew, o cara estranho que ela conheceu no natal, porque é sobre isso o livro e se eu disser qualquer coisa vocês vão acabar comentando: “por que você contou o final do livro que era tão previsível?” e eu não quero estragar leitura de vocês.

Mas não é justo eu deixar de justificar o motivo dessa classificação baixa. Esse romance é impossível! Quero dizer, que coisa é essa de misturar romance com ficção de uma forma bem tosca? Isso é coisa que só vemos nos cinemas em filmes de baixo orçamento e que no fim não rende nada de bilheteria e o diretor acaba tendo que filmar pornôs porque não consegue mais emprego. Francamente, que livrinho desajeitado e fraco.

Classificação:
A capa até que é bonitinha, mas me lembrou bastante esses livros evangélicos. O conteúdo vocês já sabem minha opinião. As páginas são amarelas.

Gostaram?
Infelizmente a resenha dessa semana não foi boa ):
Comentem ai.
Até semana que vem.
;)


5 comentários:

Vanilda disse...

Esse já é um gênero que não me atrai muito e sinceramente, mesmo antes de ler sua resenha já não tinha vontade de ler o livro. Agora piorou. Acho que tenho tantos outros bons para ler que não vou arriscar esse, não. E olha que eu nem sabia desses pontos tão fracos.

Jordana Broering disse...

Pela sinopse tinha achado que seria um livro bom. Mas se é tão fraco assim, nem anima ler. Eu gostei da capa.

Beijinhos

Rissia Ribeiro disse...

Pela capa achei que seria um lindo romance mas pela resenha vi que é bem fraco e gosto de romances mas bem trabalhados por isso esse livro eu dispenso ^^

Michele Bowkunowicz disse...

Oie

comprei o livro por causa da capa, pensando que seria um romance bonito, que pena que não é.
Frustante quando se espera mais de um livro e eles nos decepciona.

http://www.lostgirlygirl.com

bjos

MOonika Monteiro disse...

Ain Alair que livro horrendo! Se não encaro Nicholas Sparks imagina esse?? Mas ótima resenha, senso de humor e sinceridade é tudo! Beijoooos!

Postar um comentário

Obrigada por comentar, Caçador(a)!
Volte Sempre!

Para postar links nos comentários, utilize o espaço correto:
1- Clique em Comentar Como:
2- Selecione a opção Nome/Url
3- Em nome, coloque o seu nome ou nick das redes sociais.
4 - Em Url, coloque o link do seu blog ou página das redes sociais.

Pronto, assim você comenta e ainda coloca os seus dados, sem fazer spam.

Para dúvidas, sugestões ou solicitação de informações, encaminhe email para: c.delivros@gmail.com

Caçadora de Livros. Todos os direitos reservados.©
Design e codificação por Sofisticado Design