16 de out de 2012

A Casa das Orquídeas (Lucinda Riley) @Novo_Conceito

Olá caçadores! 
Essa é minha primeira resenha por aqui e fiquei imensamente feliz pela oportunidade. 
Eu sou a Lorrine Leite, tenho 21 anos, sou estudante de psicologia e claro, apaixonada por livros.
Vamos lá!


Editora Novo Conceito
Páginas: 560
ISBN: 978-85-63219-96-1
Skoob

Classificação:

Capa: 8,0
Conteúdo: 6,5
Diagramação: 9,0
     O cenário do livro é Wharton Park, uma casa majestosa pertencente à família Crawford por muitas gerações, que agora está para ser vendida.
     Júlia passou a infância nesse lugar, pois seu avô trabalhava na estufa, e sempre adorou. Agora ela é uma famosa pianista que está passando por momentos difíceis em sua vida pessoal e acaba passando pela propriedade durante um leilão. Lá ela reencontra Kit Crawford, que conheceu na casa quando criança e é o atual dono da propriedade.
     Depois de Kit encontrar um antigo diário, que ele acredita pertencer ao avô de Júlia, eles acabam se aproximando e cada um se tornando importante na superação dos problemas que eles tem em comum. Esse diário conta a história de Wharton Park e das pessoas que viveram nela, principalmente de Olívia e Harry Crawford, os ancestrais de Kit que eram donos da propriedade. E digo para vocês: esse é o ponto bom do livro. Ficava curiosa para conhecer mais da história de Olívia e Harry a medida que ela ia sendo contada, a rotina da casa naquela época, os costumes. Acho que gostei mais dessa parte principalmente por eu gostar de histórias passadas em épocas mais antigas. A história de Olívia é super sofrida e há fortes segredos envolvendo essa família. Eu senti raiva de Harry diversas vezes e Olívia me conquistou desde o início.

“(...)quando você mexe em um segredo do passado, é como se abrisse as comportas de uma represa. (...) Porque a água cai e se espalha por lugares que você não esperava.”
     A história de Júlia é dolorosa e complicada, mas teve alguns detalhes revelados que não deram para engolir. Só lendo para vocês entenderem. 
     A gente conhece as duas história – Olívia e Harry, Kit e Júlia – e elas se entrelaçam no fim. Mas os personagens não me agradaram muito, nenhum se destaca (a não ser Olívia). Kit é tão perfeitinho que não dá pra imaginá-lo como uma pessoa do mundo real. A escrita também não ajuda muito, os diálogos são certinhos demais (o que dá pra entender na parte de época do livro, mas ficou chato na parte atual), falta mais realidade. A leitura flui bem porque o livro é bem tranquilo de ler, nada enfadonho, mas não é empolgante. Não que o livro seja ruim, mas eu esperava mais dele.  

     Vamos para a classificação:

Capa: 8,0
Tem tudo a ver com o livro, mas eu simplesmente não engulo muito pessoas nas capas. E a contracapa é bem mais bonita que a capa, poderiam inverter que ficaria melhor.
Conteúdo: 6,5
O livro é bom, mas mediano. Os personagens deixaram muito a desejar e por isso não gostei tanto do livro.
Diagramação: 9,0
Diagramação simples que combina bem com o livro, folhas amareladas e letras de bom tamanho.


                                                                 

Espero que tenham gostado!
Até a próxima!


5 comentários:

Ivi Campos disse...

oi, comprei este livro na última Bienal de SP, e ainda não li, está na minha estante esperando a vez dele... depois que li sua resenha, vou colocar mais uns dois na frente dele.. kkkkk
Sua primeira resenha foi muito boa!!!
beijos

Rissia Ribeiro disse...

Eu comprei o livro na Bienal do Amazonas mas ainda não li e acho que me despi ciona um pouco saber que esse livro tem uma história pobre >< mas vou lé-lo mesmo assim ! ^^ Ótima resenha !

Jordana Broering disse...

Tinha me interessado pela história, mas depois da resenha não sei se vou ler esse livro (tem muitos na frente dele). Eu gostei da capa, achei muito bonita.

Beijinhos

Paula Camargo disse...

Ah eu gostei do livro,é fato que no inicio ele começa meio morno,cheio de mistério que não faz muito sentido e algumas estórias relatadas que não irão acrescentar muito na estória,mas como um todo eu gostei bastante do livro,depois que se descobre os segredos a estória começa fazer sentido e o livro é todo bem amarrado!

Vanilda disse...

Eu tenho o livro aqui comigo mas ainda não. Sempre tem algum que quero ler mais que ele, mas pretendo ler sim, apesar da sua resenha não ter sido lá muito animadora.

Postar um comentário

Obrigada por comentar, Caçador(a)!
Volte Sempre!

Para postar links nos comentários, utilize o espaço correto:
1- Clique em Comentar Como:
2- Selecione a opção Nome/Url
3- Em nome, coloque o seu nome ou nick das redes sociais.
4 - Em Url, coloque o link do seu blog ou página das redes sociais.

Pronto, assim você comenta e ainda coloca os seus dados, sem fazer spam.

Para dúvidas, sugestões ou solicitação de informações, encaminhe email para: c.delivros@gmail.com

Caçadora de Livros. Todos os direitos reservados.©
Design e codificação por Sofisticado Design