15 de ago de 2012

Eu te Amo, Phillip Morris (Steve McVicker)

Bom dia, Caçadores!
"O livro mais incrível de todos os tempo" - Alair Lemes.

Ed. Planeta
ISBN: 9-788576-654469
256 páginas

Classificação:
Capa: 10
Conteúdo: 10
Diagramação: 8,0


Quando vi esse livro na livraria leitura, logo me encantei pela capa, afinal, quem não gosta de umas sacolas de compra e um jeans confortável? Mas como nunca tinha ouvido falar sobre o livro e muito menos que ele deu origem ao filme O Golpista do Ano (sim, aqui no Brasil eles trocaram o nome. Nos EUA o filme tem o titulo do livro, I Love You, Phllip Morris. Pensei que eles poderiam manter aqui no Brasil também...) então eu não comprei. Quase um mês depois voltei na mesma livraria e lá estava ele, com um preço muito bom e com exemplares com a capa do filme escrito “o livro que deu origem ao filme O Golpista do Ano”. Foi ai que liguei as coisas e decidi perguntar ao Google sobre o livro e filme. Finalizando, comprei! =D

Quero deixar claro que assisti ao filme somente quando terminei de ler a última página do livro. Não pretendo comparar livro X filme e nem ficar citando o filme. Talvez uma observaçãozinha no final, mas será somente isso.

- Acredito que eu tinha duas mentes – conta Russel. – Uma delas é emocional e a outra, racional. Geralmente existe um equilíbrio entre elas. Mas, quando o assunto é Phillip Morris, as emoções de meu coração conseguem me controlar e tomar conta de meu instinto de sobrevivênvia.

Eu te amo, Phillip Morris é uma história real. O autor, Steve McVicker é jornalista e conta a história de Steven Russel e de seus feitos através de entrevistas que o autor realizou de dentro da prisão com Russel, além de outras pessoas conhecidas dele. Toda vez que Russel foge da prisão é sexta-feira 13, e foi nessa data que nasceu Phillip Morris, o homem por qual Russel é perdidamente apaixonado! 

Russel foi casado com uma mulher, Debbie e tiveram uma filha, Stephanie, mas depois de certo tempo resolveu assumir ser gay. Começou então a cometer roubos muito ardilosos, muito bem pensados e planejados, falsificou documentos, enganou pessoas da lei, confundiu policiais com suas ligações, passando-se por outras pessoas (coisa em que Russel é mestre), foi preso, fugiu e tornou-se um fugitivo. Tudo isso para manter uma vida luxuosa com seus namorados, antes James Keppler e, posteriormente, Phillip Morris.

- Sou persuasivo porque compreendo e escuto as pessoas. Estudo tudo relacionado a alguém. Nenhum detalhe é pequeno demais. As pessoas amam falar, e eu adoro escutar. Escutar uma pessoa é o segredo para ser capaz de vencê-la.

Russel conheceu Phillip na biblioteca da prisão. Foi amor a primeira vista. Russel é um cara muito amoroso. Antes de cometer crimes ele foi policial, ajudou a desmantelar pessoas e empresas envolvidas em operações ilegais, foi um bom marido e é um pai muito amoroso. Não podemos negar que Steven Russel é um homem bom, só não podemos esconder o fato de que gosta de viver bem. Além do mais nunca cometeu outros crimes além de roubos e falsificações.

O grande amor que sente por Phillip é que atrapalhou um pouco as coisas. Ele vivia sustentando alto luxo para Phillip (deixando claro, nunca exigiu ou quis isso). Phillip só queria o amor de Russel. Mas para Russel, sempre achou que seu grande amor merecia mais.
  
Mas Russel também continua a pensar com obsessão em Phillip Morris. Ele ainda espera encontrar um advogado que consiga uma condicional para Morris. Durante o tempo em que me dediquei a este livro, Morris foi o assunto principal da maioria das nossas conversas que mantive com Russel, ou das cartas que ele me escrevia. Ele também admite que seus sentimentos por Morris às vezes o levaram a tomar decisões ruins.

Eu te amo, Phillip Morris é um livro que mantém o leitor preso, literalmente. Mantém uma leitura leve, mostrando com detalhes a vida do golpista até hoje. Achei o livro intrigante e impressionante. 

Na opinião de Russel, os oficiais podem fazer pouco para detê-lo. Ele está em um jogo de braço com uma equipe de funcionários muito mal preparada. Eles estão exatamente onde Russel quer que eles fiquem. Mais uma vez.

Sentiram o naipe do cara?

P.S: Aquela observaçãozinha: o livro é mais sério, o filme é mais comédia. 
P.S.2: Isso não me agradou muito.


Gostaram?
Comentem!
Até semana que vem.
;)

12 comentários:

Vanilda Procopio disse...

Não conhecia o livro e para falar a verdade, nem o filme. Mas pela resenha achei a história interessante. Não digo que sairei correndo arás do livro até porque já tenho uma pilha me esperando para serem lidos, mas se tiver oportunidade, gostaria de ler, sim.

cristiane dornelas disse...

Gostei. Um livro que parece ser bem legal e que eu não conhecia. Gostaria de ler com certeza.

dolcceblanc disse...

Nhã, não gostei do tema do livro, mais como sempre tua resenha tá linda!
Selene Blanchard
Bacio,Moda & eu

Julia disse...

Não curto muito livro nesse estilo que narra a história de outras pessoas principalmente se o livro não é contato pela própria pessoa mas o livro me chamou atenção por causa do personagem principal

Josiane Veiga disse...

O filme é mtoooo bommmmmm, adorooo filmes gays^^ ficarei louca agora pra ter o livro^^

Jordana Broering disse...

Esse livro parece ser muito bom, não o conhecia mas me interessei. Se eu encontrar ele em alguma livraria por aqui vou comprar.

Beijinhos

Rissia Ribeiro disse...

O livro parece ser otimo mesmo ! Nossa 4 vezes em um ano e toda vez na sexta feixa trreze O.o tenho que abaixar meu chapeu pra elel ! ^^

@Thayla_SSouza disse...

Nunca tinha ouvido falar desse livro, fiquei curiosa.

Mariana disse...

Parece ser legal.. nunca li um romance gay, mas acho que esse deve ser bom!

@Lynn_Be disse...

Parece ser muito bom!
O motivo de ele fugir sempre em sexta feira 13 é por causa do aniversário do cara, ou tem algo mais?

Você já reparou como os roteiristas andam preguiçosos? Vivemos numa época onde quadr todos os filmes são baseados em livros! hhaah

Beijo

@LuhCardoso04 disse...

Que resenha maravilhosa, adorei a história me cativou de primeira. Confesso que não conhecia esse livro e graças a vc eu conheci esse livro, com toda certeza está na minha lista de livros a serem adquiridos com urgência.

Parabéns pela ótima resenha, simplesmente um show.

Sávio Morais Cristofoletti Desenhista disse...

Mana Alair, vim lhe dar os parabéns por seu trabalho e convidá-la a acessar minha página de divulgação, eis o endereço → https://www.facebook.com/SavioChristiDesenhistaDivulgacao!

Bom, abraços e até mais então!

Postar um comentário

Obrigada por comentar, Caçador(a)!
Volte Sempre!

Para postar links nos comentários, utilize o espaço correto:
1- Clique em Comentar Como:
2- Selecione a opção Nome/Url
3- Em nome, coloque o seu nome ou nick das redes sociais.
4 - Em Url, coloque o link do seu blog ou página das redes sociais.

Pronto, assim você comenta e ainda coloca os seus dados, sem fazer spam.

Para dúvidas, sugestões ou solicitação de informações, encaminhe email para: c.delivros@gmail.com

Caçadora de Livros. Todos os direitos reservados.©
Design e codificação por Sofisticado Design