1 de mai de 2012

Resenha: Em Chamas (Suzanne Collins)


Editora Rocco
413 Páginas
ISBN: 9788579800641

Classificação:
Capa: 10
Conteúdo: 10
Diagramação: xx


Sinopse: Mistura de ficção científica com reality show, passando pela mitologia e pela filosofia, Em chamas é o segundo volume da bem-sucedida trilogia iniciada com Jogos Vorazes, mais novo fenômeno da literatura jovem dos últimos tempos. Com mais de quatro milhões de exemplares vendidos apenas nos Estados Unidos e por 130 semanas na lista dos mais vendidos do The New York Times, a trilogia assinada por Suzanne Collins ganhará adaptação para o cinema, com estreia prevista para março de 2012. Depois de os Jogos Vorazes, competição entre jovens transmitida ao vivo para todos os distritos de Panem, Katniss agora terá que enfrentar a represália da Capital e decidir que caminho tomar quando descobre que suas atitudes nos jogos incitaram rebeliões em alguns distritos. Dessa vez, além de lutar por sua própria vida, terá que proteger seus amigos e familiares e, talvez, todo o povo de Panem.

Cuidado!
Se você não leu o 1º volume resenhado aqui, pare! 
Essa resenha apresenta a continuação da série, por isso alguns fatos são citados aqui.


Ok, quer continuar?
Então é sob sua inteira responsabilidade. ;D



 O livro começa com Katniss e Peeta vivendo sua vida na vila dos vitoriosos após ambos terem vencido a última edição dos Jogos Vorazes. (Desculpa quem não leu, mas não dava pra explicar a história sem soltar esse spoiler =/). Quem leu o primeiro livro, mas ainda não leu o segundo, deve saber em que pé anda essa história, mas quem ainda não leu, apenas saibam que o fim dos Jogos não foi de forma alguma do jeito que os idealizadores queriam, e por isso Kat e Peet estão em “maus lençóis”. Em Chamas gira em torno dessa fúria que os governantes (e inclusive o próprio Presidente) sentem por eles e as formas que eles vão arranjar para se livrar desse “incômodo” que nossos heróis geraram.
                Quando comecei a ler o Em Chamas, achei que a história daria uma estagnada, como às vezes vemos nas continuações. Embora o começo do livro dê mesmo essa impressão, o que acontece é o oposto. Suzzie Collins nos faz pular meses e meses da história em um capítulo, correndo através da narrativa para apresentar o que importa: A volta de Katniss e Peeta aos Jogos (Nem adianta vocês quererem começar um levante, essa informação está na contracapa do livro!).
                Na verdade, em minha humilde opinião de leitor (afinal eu não sou nenhum crítico... ainda não), ficou parecendo que a autora estava um pouco ansiosa por chegar a essa parte, que ficou comprovado que ela sabe escrever tão bem, e por isso pulou algumas coisas que eu acharia importante ressaltar, já que não foram exploradas no primeiro livro. Por exemplo, Gale. O tal do melhor amigo de Katniss, que originalmente serviria para completar o triângulo amoroso no qual as trilogias hoje em dia se baseiam, ficou tão de fora nesse livro quanto no outro. Até mesmo eu, que sou um grande apoiador dos melhores amigos em detrimento dos príncipes encantados (por razões bem pessoais o.O) não consigo olhar para Gale com afinidade. Acho que a expressão que se encaixa corretamente pra ele seria “pedra no sapato”.
Quanto aos novos Jogos, do qual K. e Pee participam, não tenho muito o que comentar. Achei eles um tanto sem sal em comparação aos primeiros, mas são os novos personagens que trazem um pouco de vida a arena. Diferente da forma como Kat agiu da primeira vez, agora ela conta com vários aliados. Vários mesmo. A maioria deles morre, como é a regra lá nos jogos, mas nada tão triste ou deprimente como a morte da Rue, para a nossa alegria. Entre esses aliados estão Finnick Odair, um cara bem  legal fodão que eu imagino com a cara do Grant Gustin, a nojenta da Johanna Madson, Beetee e Wiress, dois nerds do Distrito 3, e seu marido Peeta Mellark, quem Kat jurou a sim mesma de proteger com sua própria vida!
Falando nele, quero comentar sobre o clima de romance entre Peeta e Katniss (não vou fazer a junção dos nomes por motivos éticos kk) nesse segundo livro. Como no primeiro era tudo meio confuso, e todo mundo achava que o amor de P. era só encenação, eu mesmo não dava muito crédito a tudo aquilo que eles diziam e faziam. Mas agora que [SPOILER ALERT], comecei a prestar mais atenção no Peeta, e confesso que gostei dele. Mesmo ele sendo mole feito algodão e ainda tenha uma perna artificial, as declarações de amor dele são muito fofas (já que não achei uma palavra chique pra substituir), e é legal ver a reação que elas causam na Catnip (O Gale ia me matar se visse eu usando o apelido dele, aff).
Embora eu ache que a Susu não explore direito esse lado, afinal, ela está muito ocupada idealizando o que os Idealizadores dos Jogos poderiam idealizar, ele é grande parte da estória. Mas para aqueles que esperam um capítulo inteiro de Peetniss (quase) de conchinha na caverna, não vai acontecer, e acho que há menos chances ainda no próximo, já que ele é sobre a batalha e tudo mais. Mas aguardem um beijo  ardente e cheio de significado!
Acho que consegui deixar bem claro pra vocês meu ponto de vista, não? A narração continua extremamente envolvente, envolvente até demais, me fazendo parar TUDO por dois dias seguidos só pra ler logo o livro, e deixando o gostinho de quero mais que não podia faltar na última página.

Vamos ver a Classificação?

10 pra Capa, nem tanto pelas características gráficas e figurativas dela, mas sim por ela ser uma capa tão carregada de significado, como tudo que acontece na história.

10 pro Conteúdo, afinal, é Em Chamas! É Suzzane Collins, minha gente, e eu não consigo dar outra nota.
Minha crítica em relação a diagramação é a mesma da outra resenha, afinal, a galerinha da Rocco deveria melhorar esse quesito.



                       
               

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigada por comentar, Caçador(a)!
Volte Sempre!

Para postar links nos comentários, utilize o espaço correto:
1- Clique em Comentar Como:
2- Selecione a opção Nome/Url
3- Em nome, coloque o seu nome ou nick das redes sociais.
4 - Em Url, coloque o link do seu blog ou página das redes sociais.

Pronto, assim você comenta e ainda coloca os seus dados, sem fazer spam.

Para dúvidas, sugestões ou solicitação de informações, encaminhe email para: c.delivros@gmail.com

Caçadora de Livros. Todos os direitos reservados.©
Design e codificação por Sofisticado Design