26 de abr de 2012

Resenha Tripla: Amante Sombrio, Amante Eterno e Amante Desperto (J.R. Ward)


Bom dia, Caçadores!
Tudo bem com vocês?
Eu já estava sentindo falta das resenhas triplas (3 resenhas de livros em uma postagem), por isso, como vou fazer a cirurgia hoje (Sim, o médico antecipou, rs), resolvi presentear vocês com os três primeiros livros da série IAN (Irmandade da Adaga Negra)
Aproveitando também que, teremos vários eventos em homenagem aos irmãos mais amados da atualidade:


Obs: No evento, além de poder comprar o Amante Libertada antes de todo mundo, quem estiver lá vai ganhar brindes especiais e o livro "A Maldição do Lobisomem". Vão rolar muitas atividades e sorteios de livros e marcadores! 

Bom, depois dessa introdução, vamos começar com as resenhas?

A Irmandade da Adaga Negra é uma série escrita por J.R.Ward. Atendendo as expectativas das leitoras brasileiras, a Universo dos Livros lançou os livros por aqui (Graças aos céus!).


Cada livro é focado em um irmão, porém apresenta um cenário geral, apresentando aos poucos o mundo deles, bem como a luta contra seus inimigos ferrenhos, os Redutores.
Achei ótimo, que em cada livro há um glossário informando sobre cada expressão utilizada no livro, o que ajuda e muito para não perdemos os detalhes, ainda mais pela extensão da série.
A Universo dos Livros até fez um blog sobre a série: http://iadaganegra.blogspot.com.br/

Resenhas sem spoilers!

O 1º livro é Amante Sombrio:

Ed. Universo dos Livros
ISBN: 978-85-7930-082-0
447 Páginas
Tradutora: Jacqueline Valpassos
Classificação:
Capa: 7.5
Conteúdo: 8.0
Diagramação: 8.0

Sinopse: Nas sombras da noite, em Caldwell (Nova Iorque) se desenrola uma sórdida e cruel guerra entre os vampiros e seus carrascos. A Irmandade e seus caçadores e os assassinos. E existe uma Irmandade Secreta de seis vampiros guerreiros, os defensores de toda a sua raça. Nenhum deles deseja aniquilar a seus inimigos com tanta ânsia como Wrath, o campeão da Irmandade da Adaga Negra. Wrath, o vampiro de raça mais pura dos que povoam a terra, tem uma dívida pendente com aqueles que, há séculos, mataram seus pais. Quando morre um de seus mais fiéis guerreiros, deixando órfã uma jovem mestiça, ignorante de sua herança e seu destino, não resta a ele outra saída senão levar a bela jovem para o mundo dos não mortos. Traída pela debilidade de seu corpo, Beth Randall se vê impotente para resistir aos avanços desse desconhecido, incrivelmente atraente, que a visita toda a noite, envolto nas sombras. Suas histórias sobre a Irmandade a aterrorizam e a fascinam... E seu simples toque provoca chispas de um fogo que pode acabar consumindo a ambos.

Eu reli o livro, até para não ter uma visão tão apaixonada da série, pois eu sou fã. E quem é fã, sabe que é bem complicado resenhar, pois tudo parece lindo, rs.
Em Amante Sombrio há a apresentação do rei dos irmãos, Wrath. Um ser que apenas com sua presença já demonstra todo o poder que possui, apesar de sua deficiência. Um vampiro, que pensa que irá padecer, porém nada como um dia atrás do outro e uma forcinha do destino, para mudar esse quadro.
Beth Randall é uma mulher bonita, que tenta crescer profissionalmente em um jornal. Apesar de extremamente capacitada, o seu chefe apenas consegue vê-la como outro par de pernas e a deixa fazendo o trabalho "sujo" dos jornalistas do local.
Até aqui tudo normal, apresenta uma sociedade super machista, uma mulher de valor lutando para ser reconhecida, porém você leitor procura saber como o mundo normal vai encontrar o sobrenatural, não é?
Pois bem, a Beth é filha de um irmão, um guerreiro da Irmandade, porém que nunca se aproximou, para não colocar a mesma em perigo. 
Após um atentado que além de causar dor, morte e sede por vingança, a Irmandade tem a incumbência de  proteger Beth e é assim que a história começa em ritmo de adrenalina.
O livro apresenta cenas sensuais, por isso já fiquem sabendo que há sim teor erótico, mas nada vulgar ou de outro mundo.
Esse é o primeiro livro da série e por ser de apresentação, acredito que o roteiro do romance ficou um pouco comprometido, até porque a situação ocorre rápida demais.
Por isso, acredito que muitas leitoras/blogueiras não gostaram tanto, mas com os outros livros a situação melhora.
Não posso revelar mais, até porque daqui pra frente teríamos spoilers enormes, então se você não leu, corra para ler. Aproveite o evento de IAN na sua cidade, pois ocorrerão vários sorteios.

A classificação do livro ficou assim:

A capa é 7.5, pois apesar de bem feita, não gostei do estilo. Sou um pouco reticente quando há modelos nas capas. Prefiro desenhos, ilustrações, uma paisagem do que modelos. Mas, isso é algo pessoal.
O Conteúdo é 8.0, pois como falei, por ser um livro de introdução ao mundo IAN, o romance ficou um pouco corrido, mas o livro precisa ser lido, até para você ingressar no mundo da irmandade.
A diagramação é  8.0, folhas amarelas e letras em bom tamanho.


O 2º livro da série é:



Ed. Universo dos Livros
ISBN: 978-85-7930-084-4
447 Páginas
Tradutora: Jacqueline Valpassos
Skoob
Compare & Compre
Classificação:
Capa: 7.5
Conteúdo: 9.0
Diagramação: 8.0



Sinopse: Nas sombras da noite em Caldwell, Nova York, desenrola-se uma sórdida e cruel guerra entre os vampiros e seus carrascos os redutores. Há uma irmandade secreta, sem igual, formada por seis vampiros defensores de sua raça. Possuído por uma besta letal, Rhage é o membro mais perigoso da Irmandade da Adaga Negra. Dentro da Irmandade, Rhage é o vampiro de apetites mais vorazes. É o melhor lutador, o mais rápido a reagir, baseado em seus instintos, e o amante mais voraz, porque em seu interior arde uma feroz maldição lançada pela Virgem Escriba. Possuído por esse lado sombrio, Rhage teme constantemente que o dragão dentro de si seja liberado, convertendo-o num perigo letal para todos à sua volta.

Já no 2º livro, a autora já foca mais no mundo IAN, principalmente no irmão Rhage.
Aqui o leitor já conhece um pouco do mundo da irmandade, por isso senti que a escrita dela desenvolveu mais livre.
Esse foi o livro que eu fiquei mais tocada, pois apesar das cenas sensuais, aqui o casal é unido de uma forma mais profunda, até pelo sofrimento de ambos. Ok, vou parar e começar a explicar um pouco, porém sem spoilers.
Rhage é um vampiro como todos os irmãos, porém um guerreiro sem igual e quando alguém ou algo incentiva a sua ira, saia de perto, pois coisas sinistras podem acontecer, até para quem está inserido no sobrenatural.
Rhage é um elemento surpresa, que além de educado, bonito igual a um modelo, o mesmo tem prazer em lutar contra os Redutores. E quando o mesmo entra na luta, os irmãos já sabem que o melhor é ele assumir o comando, principalmente quando apresenta a sua grande fúria.
Mary Luce é uma mulher batalhadora e sofredora, ingressa no mundo sobrenatural, pois conhece Jhon Mattew e sabe que o mesmo precisa de ajuda. Através de sua amiga Bella, ingressa no mundo da irmandade, apesar de até então não saber o que eles são ou o que fazem.

E é assim que os dois mundos se chocam.
Vou ser clara, acredito que mesmo indiretamente a Virgem Escriba ajudou um pouco aqui, apesar da sua aparente raiva, contra o guerreiro, Rhage.
Rhage e Mary são dinamite pura, apesar de sofridos e por terem "n" medos, angustias e contratempos, ambos são unidos psicologicamente antes mesmo de fisicamente, o que eu achei lindo!
Me emocionei com a história individual de cada um e também pela luta de ambos, pois foram várias batalhas enfrentadas.
E como disse, não vou revelar mais nada, pois só lendo tudo para saber como é vibrar e se emocionar com a história dos dois.

A classificação do livro ficou assim:


A capa é 7.5, pois apesar de bem feita, não gostei do estilo. Sou um pouco reticente quando há modelos nas capas. Prefiro desenhos, ilustrações, uma paisagem do que modelos. Mas, isso é algo pessoal.
O Conteúdo é 9.0, pois como falei, esse livro a autora desenvolveu a história principal de forma mais livre e conseguiu criar uma linda história.
A diagramação é  8.0, folhas amarelas e letras em bom tamanho.


O 3º livro da série é:



Ed. Universo dos Livros
ISBN: 978-85-7930-117-9
463 Páginas
Tradutora: Jacqueline Valpassos
Skoob
Compare & Compre
Classificação:
Capa: 8.0
Conteúdo: 8.5
Diagramação: 8.0

Sinopse: Nas sombras da noite em Caldwell, Nova York, desenrola-se uma sórdida e cruel guerra entre vampiros e seus carrascos. Há uma irmandade secreta, sem igual, formada por seis vampiros defensores de sua raça. Dentre eles, Zsadist é o membro mais assustador da Irmandade da Adaga Negra. Tendo sido por muito tempo um escravo de sangue, Zsadist ainda carrega as cicatrizes de um passado repleto de sofrimento e humilhação. Conhecido por uma fúria que não acaba e por atos sinistros, ele é um selvagem, temido igualmente por humanos e vampiros. A raiva é sua única companheira e o terror, sua única paixão... Até que resgata uma bela vampira das garras da maligna Sociedade Redutora. Bella sente-se imediatamente enfeitiçada pela ardente força que emana de Zsadist. Entretanto, mesmo quando o desejo de ambos começa a consumi-los, a sede de vingança de Zsadist contra os torturadores de Bella o leva à beira da loucura. Agora, Bella deve ajudar seu amante a superar as feridas de seu atormentado passado e vislumbrar um futuro ao lado dela...

O 3º livro apresenta uma mistura de tragédia, comédia e romance, não que seja tudo na mesma ordem, mas o produto final ficou interessante.
Zsadist é o irmão mais perigoso da irmandade, não por sua força ou agilidade, mas por seu sofrimento e em virtude disso é conhecido como uma bomba relógio que esta pronta para estourar.
Z, apesar de um grande guerreiro, sofreu muito desde a sua infância até sua transformação, situação pela qual deixou marcas físicas e psicológicas.
Bella, amiga de Mary é uma vampira da aristocracia, porém que nunca gostou de títulos ou do meio social em que seu irmão é inserido, por isso decidiu se afastar de tudo e todos. Quando sua amiga precisou de ajuda, ela mergulhou no mundo da irmandade, porém não foi nem esse contato que chamou a atenção dos inimigos dos irmãos. Sua aparência física despertou interesse em um redutor e é aí que a história começa.
Z e Bella possuem problemas, cada um de uma forma diferente, porém Bella sabe enfrentar a situação melhor do que Z.
Aqui há comédia, pois o Z é tão bipolar, que em algumas passagens do livro, eu gargalhei. Sério, uma hora ele quer uma coisa, depois volta atrás e o melhor de tudo, um bando de guerreiros marmanjos, não conseguem enfrentar o Z sozinho, porém nada melhor do que o poder feminino em ação, não é?
Além de Z e Bella, o 3º livro apresenta um pouco do progresso de Jhon, bem como o funcionamento da Irmandade o que achei muito interessante, afinal ficar focado só na bipolaridade do Z iria cansar o leitor, mas a J.R. Ward, agora mais experiente, conseguiu desenvolver o livro com flashbacks, histórias paralelas  e até alternância de narradores personagens, o que ficou bem interessante.
Por ser mais detalhista, foi o livro que eu demorei mais para finalizar, porém não deixa de ser super intrigante.

A classificação do livro ficou assim:


A capa é 8.5, pois apesar de bem feita, e não gostar de modelos nas capas, essa foi a capa que até hoje posso dizer que chamou bem mais atenção. Os detalhes em vermelho ficaram show.
O Conteúdo é 8.5, pois apesar de misturar um pouco os sentimentos, fiquei um pouco estressada com a bipolaridade do Z, rs. 
A diagramação é  8.0, folhas amarelas e letras em bom tamanho.


Espero que tenham gostado das resenhas e comentem!
beijos,

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigada por comentar, Caçador(a)!
Volte Sempre!

Para postar links nos comentários, utilize o espaço correto:
1- Clique em Comentar Como:
2- Selecione a opção Nome/Url
3- Em nome, coloque o seu nome ou nick das redes sociais.
4 - Em Url, coloque o link do seu blog ou página das redes sociais.

Pronto, assim você comenta e ainda coloca os seus dados, sem fazer spam.

Para dúvidas, sugestões ou solicitação de informações, encaminhe email para: c.delivros@gmail.com

Caçadora de Livros. Todos os direitos reservados.©
Design e codificação por Sofisticado Design