12 de abr de 2012

Resenha: Irresistivelmente Fatal (Marcio Scheibler)

Bom dia, Caçadores!

Você encontra milhares de pessoas e nenhuma delas te tocam, e então encontra uma pessoa, e sua vida muda para sempre. Da vida para a morte.
Um romance policial para vocês.

Ed. Zum
ISBN: 97885521288
168 páginas 




Classificação:
Capa: 10
Conteúdo: 9,0
Diagramação: 8,5


Sinopse: Uma festa. Uma linda mulher. Sexo. E por fim, sangue. O jovem Leandro Biavatti pertencia a uma família rica e sempre estava acompanhado de belas mulheres. Evitava envolvimento sério com qualquer uma delas, pois sempre achava que estavam com ele apenas por interesse financeiro.Mas uma noite de êxtase na vida dele torna-se macabra, pois sua vida terminaria ali, em sua própria cama. Um crime misterioso, depravado e assustador. Seu melhor amigo, Rodrigo, aciona seu tio detetive, Otávio Medeiros, para tentar resolver esse caso enigmático.Ao longo da trama, acontecimentos e informações incríveis surgem e uma história fantástica vem à tona. Aliando erotismo e mistério, IRRESISTIVELMENTE FATAL relata sentimentos e atitudes muito presentes em nosso cotidiano, de um ponto de vista trágico e racional.

Assim como em um filme de terror:
- Olá, gata! Posso me sentar ao seu lado?
- Claro.
- Qual seu nome?
- Prefiro não dizer... (página 168)

A história começa com o belo, rico e baladeiro Leandro Biavatti levando uma morena gostosa para o seu apartamento, após conhecê-la na boate. Ai acontece o seguinte: a desconhecida lhe dar um prazer enorme e depois o mata. É uma mistura de suor e sangue.
No dia seguinte, Rodrigo, estudante de medicina, vai até a casa de Leandro e encontra o melhor amigo morto na cama. Seu pescoço está cortado profundamente e seu braço foi levado pela assassina. No mesmo momento, ele liga para a policia e para seu tio, Otávio Medeiros, o investigador aposentado, que abandonou a profissão pela família.
Tudo leva a crer que quem matou Leandro foi uma mulher, mas o cara era do tipo mulherengo e não será fácil para o detetive Medeiros solucionar o caso, já que mulheres era em resumo, a vida de Leandro e achar a assassina no meio de tentas é complicado. E como se não bastasse, a assassina esta ligada a uma seita chamada NINFAS que é composta por mulheres lindas ao redor do mundo. Medeiros não consegue deixar o caso. Cada vez mais a coisa fica pior.
Gostei!
Gostei da narrativa do autor, do modo como a história foi desenvolvida, de como as coisas vão se ligando com a competência do detetive. Sem falar, que o detetive Medeiros é meu personagem favorito. Não posso comparar ele com Poirot, mas os dois são super nerds.
Talvez o autor tenha pecado algumas vezes, mas isso não diminuiu a minha vontade de ler até o final e saber quem era a assassina. E no final... É tão rápido, objetivo e um pouco decepcionante. Mas como um bom admirador de filmes e livros de terror e suspense, não posso deixar de dizer que, a última página me agradou muito. Sabem, é como num filme de terror, termina daquele jeito que eu gosto ou do jeito que muitos não gostam. Essa é a dica.
O sexo pode ser bom, mas quando for transar, certifique-se de que a pessoa não será a última a você ver na vida.

A classificação:
10 para a capa que retrata a história perfeitamente.
9,0 para o conteúdo pelos pequenos pecados que o autor cometeu.
8,5 para a diagramação já que o livro tem alguns erros de revisão, mas muito grotesco.


Gostaram da história assim como eu? Não gostaram?
Então comentem. Quero saber de vocês.
Semana que vem estou de volta.
Até lá.
;)


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigada por comentar, Caçador(a)!
Volte Sempre!

Para postar links nos comentários, utilize o espaço correto:
1- Clique em Comentar Como:
2- Selecione a opção Nome/Url
3- Em nome, coloque o seu nome ou nick das redes sociais.
4 - Em Url, coloque o link do seu blog ou página das redes sociais.

Pronto, assim você comenta e ainda coloca os seus dados, sem fazer spam.

Para dúvidas, sugestões ou solicitação de informações, encaminhe email para: c.delivros@gmail.com

Caçadora de Livros. Todos os direitos reservados.©
Design e codificação por Sofisticado Design