13 de mar de 2012

Resenha: Morga, A Maga do Vento (Moony Witcher)

Ed. BestSeller
ISBN: 978-85-7684-523-2
350 Páginas



Classificação:
Capa: 8,0
Conteúdo: 9,5
Diagramação: 10

Sinopse: Ano 500. Planeta Emiós. Morga tem 12 anos, cabelos curtos – negros como o piche –, o rosto salteado com sardas roxas sobre a pele branca e olhos azuis. Ela vive em uma casa escondida na floresta com Eremia – a Bramante Branca dos poderosos Fhar, governantes absolutos de Emiós –, e Wapi, seu amado Piróssio, um ser incrível de longas penas como as de um avestruz cobrindo o corpo. Morga sabe como usar a magia, lê o céu através das nuvens e estrelas e fareja o vento para saber onde exatamente tem de seguir. Terra e pedras fazem Morga sentir vibrar as forças da natureza, ela bebe a chuva para limpar seus pensamentos e ouve o silêncio para descobrir os segredos da energia. Em Emiós, ela é o único ser “imperfeito”, pois porta em seu corpo DNA humano, substância proibida pelas leis dos Fhar. Quando um repentino vírus se alastra, pondo em risco a existência dos Fhar – que até então se julgavam imortais – é revelado o segredo sobre a identidade de seu pai. Morga, a Maga do Vento, se torna ao mesmo tempo a maior ameaça ao império dos Fhar e a única esperança do povo do Emiós, que há muito tempo já tinha se esquecido sobre amor, liberdade e a origem terrestre.


Olá Caçadores ^^
Que difícil resenha, que livro difícil de ser descrito, mas ele trata do AMOR, AMIZADE e FIDELIDADE. Termino o livro com a sensação de que Moony Witcher escreveu esta série para nos mostrar o poder que esses sentimentos têm. Com muita magia a autora criou um mundo completamente novo, onde apenas a Imperalei dita as regras. Vamos conhecer? 
Morga tem 12 anos e é especial em muitos sentidos. Ela cresceu em meio à natureza e muitos elementos mágicos, pertence a um mundo chamado Emiós e está predestinada a mudar toda a realidade que é conhecida. 

No ano 500, a antiga profecia esta prestes a ser cumprida.

Morte infecta. Traição honesta. Mãos jovens.

Palavras azuis escreverão a liberdade do retorno.

Nos olhos de uma jovem imperfeita

nascida por amor
ler-se-á o fim dos Fhar. (Página 84)
Morga aprendeu com a Bramante Branca - antiga Fhar que cuida das poções e dos antigos conhecimentos mágicos – todas as técnicas para dominar a energia e magia do Vento, por isso é conhecida como Maga do Vento.

Os Fhar são criaturas mágicas, ditas imortais, que comandam Emiós. Eles são criaturas que detêm todo o poder do conhecimento das magias, intuição e técnicas alienantes, sendo governadores únicos do mundo e fazendo isso com mãos de ferro. Não envelhecem graças ao poder da Senthia, composto rejuvenescedor, e seu grande intuito é encontrar a Shaal Tuak-Pá, que é a fórmula da eternidade. Sentem-se ameaçados pela profecia que diz que cairão por um vírus desconhecido e pelas mãos da Imperfeita.

As pessoas são concebidas por um Raio Avólio – nunca com o amor - e tem o DNA mudado através de magia para não terem sentimentos comuns, sendo chamados de “utilmente perfeitos”. Serão divididos entre Gestais, que serão as mulheres que procriarão, Ancilantes, que auxiliarão as Gestais e servirão os Fhar, ou ainda U’ndários, que servem e trabalham a terra.

Em um mundo altamente organizado e setorialmente dividido para servir aos Fhar’s, cuidando de seus interesses e desejos, os “utilmente perfeitos” não questionam e nem possuem vontade própria, lembrando muito as distopias muito faladas ultimamente.

Desde o inicio é muito claro qual a missão de Morga, e que ela será bem sucedida em seu intento, restabelecendo a liberdade daqueles homens e mulheres.

O destino de Emiós estava mudando, Morga podia senti-lo. Ela sabia captar e usar muito bem as energias graças ao seu instinto e às tecnicas mágicas que a Bramante lhe ensinara. Morga tornara-se a Maga do Vento, e ninguém jamais poderia mudar o seu destino (Página 47)

Morga foi a única a nascer do amor, por isso sua importância. Filha de um Fhar com uma Gestal cresceu em segredo e aprendeu tudo o que precisava para cumprir seu destino. A emoção vem quando ela deixa a casa de Eremia, que lhe ensinou tudo, e vai em busca de seu pai, desafiando a Imperalei, vivendo grandes aventuras com os amigos que conquistou, e conhecendo o amor – além daquele paternal que buscava.
É interessante como a autora criou uma jovem tão sábia, mesmo com pouca idade, e conhecer o mundo criado por ela é uma tarefa difícil, mas muito gostosa.

No final fica uma sensação de “Como assim acabou agora?!? Como eu fico até ter a continuação nas mãos?!”. Agora preciso desesperadamente dos dois próximos livros e fica aqui o meu apelo sincero para que a Editora BestSeller lance logo os dois outros volumes.

Como ficou a Classificação?
A Capa é nota 8,0, pois apesar de gostar bastante dela, não concordei com o tom “sexy” que Morga teve. Ela é uma jovem destemida, corajosa e muito poderosa, mas tem apenas 12 anos.

O Conteúdo é 9,5, perdendo um teco para a nota máxima pela cadencia lenta que teve em algumas partes do livro, mas é um mundo lindo de conhecer e se encantar. Uma estória muito original.

A Diagramação é mais que 10, com desenhos dos Ambalis no inicio de cada capitulo (só lendo para entender), gravuras excelentes e glossário e textos explicativos no fim do livro essa nota é merecida.


Gostaram da resenha, Comenta ^^

7 comentários:

Caçadora de Livros disse...

Nossa Lili!
Tomei fôlego pra ler a resenha, rs.
Amei!
Também fiquei impactada pela capa, já que a Morga tem 12 anos.
E essa busca dela? Gente, tadinha... Tão nova e já disposta a mudar as coisas.
;D Quero ler.

João disse...

Ótima resenha, Lilian.
Uma ótima "caçada".
Abs,

Tânia T. disse...

Oii

O livro parece ser ótimo! Depois vou ler! xD

Bjão!

Jordana Broering disse...

Adorei a resenha. O livro parece ser ótimo. Ele me lembra do livro O Doador da escritora Lois Lowry, no qual o personagem (que também tem 12 anos) busca um meio de sair da sociedade distópica em que vive.

Beijinhos

Ismael Ph disse...

Nooossa, adoro esses livros que criam esses "futuros alternativos", no estilo de Feios e Jogos Vorazes, né??

Me interessei pra ler!!!
Parabéns pela resenha, lil \o/

Mônica disse...

A capa é linda! E pela sua resenha resenha o enredo também é muito lindo. Adoro livros assim, quando me depara com ele por ai vou comprar, fiquei louca para ler.
Beijos

Paty Algayer disse...

Desde que vi este lançamento da Best Seller, já fiquei louca pra ler! Agora, depois dessa sua resenha, quero mais ainda! *-* A capa é linda e a sinopse dá muita curiosidade de ler!
Bjuss...
Paty Algayer - http://www.magicaliteraria.com/

Postar um comentário

Obrigada por comentar, Caçador(a)!
Volte Sempre!

Para postar links nos comentários, utilize o espaço correto:
1- Clique em Comentar Como:
2- Selecione a opção Nome/Url
3- Em nome, coloque o seu nome ou nick das redes sociais.
4 - Em Url, coloque o link do seu blog ou página das redes sociais.

Pronto, assim você comenta e ainda coloca os seus dados, sem fazer spam.

Para dúvidas, sugestões ou solicitação de informações, encaminhe email para: c.delivros@gmail.com

Caçadora de Livros. Todos os direitos reservados.©
Design e codificação por Sofisticado Design