22 de fev de 2012

Resenha: Porque Eu Amei (Roque Neto)

Bom dia, meus queridos caçadores!
Há um momento de seguir a tradição. Há um momento de seguir o coração.
E esse livro fala sobre isso.


ISBN: 9788564469495
240 páginas



Classificação:
Capa: 10
Conteúdo: 10
Diagramação: 10


Sinopse: Às vésperas de ser nomeado bispo e realizar o grande sonho de sua mãe, padre José Lucas se apaixona pela primeira vez. Seu relacionamento com Thomas lhe proporciona as delícias e as incertezas do primeiro amor, e uma pausa na rotina de suas atividades religiosas. Entretanto, aquilo que separa as duas faces de sua vida será colocado à prova quando os segredos que os amantes escondem um do outro forem revelados. José Lucas deverá tomar uma decisão: assumir sua verdadeira identidade ou continuar realizando os desejos de sua mãe, a quem, aliás, o jovem padre não consegue contrariar.



A história vai e volta. Temos capítulos no presente e no passado. Eu amei isso no livro e deixa-me eu falar um pouquinho sobre eles.
No passado conhecemos as origens de José Lucas (Lucas na verdade é o sobrenome da família). Acompanhamos Lucas desde antes do seu nascimento. As coisas realmente foram difíceis para todos quando o garoto era pequeno. A questão familiar é muito forte nesse livro. Mas de uma forma geral, descobrimos que Lucas nunca fez exatamente o que quis. Sua mãe sempre construiu seu futuro. Lucas viveu de certa maneira, uma vida muito ditada por ela. E por amor, ele obedeceu.
A homossexualidade está presente em toda sua infância. Acontecimentos narrados de uma forma muito incrível e reveladora mostra o quanto é sofredor passar pelo que esse garoto, José Lucas, passou. Não há escolha. Não há outro caminho. Ele simplesmente é o que é. É de sua natureza. Mas não é de sua natura ser livre.
Nos capítulos presentes, acompanhamos Lucas já como padre. Vemos o seu enorme interesse pelo que faz e o amor com que faz. Segredos. Inveja. Intriga. Maldade. Descobrimos que nem todos os padres são pessoas boas como deveriam ser. E Lucas, com sua audácia, luta contra isso sozinho. Não porque ele deseja ser herói. Ele apenas espera preservar pessoas, pessoas como seu grande amigo Dom Castelletti. Castelletti é um personagem de suma importância para a história. Esta com Lucas desde sua infância. Desde que o jovem brincou de passar o carinho de madeira no pé do padre.
É no inicio do livro que Lucas conhece Thomas, seu grande amor. Os dois se envolvem de uma maneira avassaladora. Se envolvem de uma maneira apaixonante. Amor. Paixão. Confiança... Thomas não é o cara por quem Lucas deveria se apaixonar. O Irlandês de dois metros mantinha segredos, mas o carinho com que o padre trata o Irlandês faz criar um sentimento maior dentro do peito de Thomas.
Lucas sempre soube que um dia teria que dizer a verdade para todos. Para Dom Castelletti, para sua família, para Thomas e para si mesmo. As escolhas são difíceis de serem feitas, principalmente as que abalam estruturas que mantêm você em pé. No meio de tudo isso, varias coisas acontecem, o que deixa a leitura muito mais provocante.
Tanto Lucas, quanto os outros personagens, são bem explorados. O autor usa de uma linguagem muito simples e rápida. O amor é bem explorado e as cenas de sexo são bem construídas. O tema igreja versus homossexualismo foi pouco abordado frente a frente. Faltou um pouco de polêmica. A história foi quase que um caminho perfeito a ser seguida. Mas por isso não vale a pena deixar de ler essa obra maravilhosa. Um romance extremamente bom!

E a classificação é a seguinte:
10 para a capa porque me faria comprar o livro sem mesmo ler a sinopse.
10 pelo conteúdo por ser bem escrito e autêntico.
10 por ter uma ótima diagramação.



Juro que você é capaz de sentir todas as emoções do livro.
Espero muitos comentários e que vocês tenham uma ótima caçada.
Até breve.

;)

9 comentários:

Caçadora de Livros disse...

Desde o lançamento, eu fiquei curiosa pelo livro, mas pelos acontecimentos não consegui o mesmo pra resenhar, rs.
Ainda bem, pois assim consegui ver você, querido fazer uma bela resenha, com um tema que ainda é pouco explorado na literatura.
Parabéns ao Roque, por se sagaz e corajoso, pois o roteiro escrito não é para qualquer um.
Abs,

walkonthemean disse...

Que livro triste, mas parece ser ótimo! Essas coisas de tradição só atrapalham as vezes né, tem hora que me da uma raiva que só vendo!

http://walkonthemean.wordpress.com/

Jordana Broering disse...

O livro parece ser realmente ótimo, ainda mais sendo de um tema não convencional.

Valery Ortega disse...

Parabéns Alair adorei sua resenha o livro parece ser ótimo e apesar de não ser meu tema preferido atiçou minha curiosidade.

Lu Piras disse...

Adorei a resenha. Tenho esse livro na estante, estou ansiosa para ler. Do que já pude folhear, percebi que o autor escreve muito bem e o trabalho da editora ficou impecável.
A capa está realmente muito bonita e o conteúdo, tenho ainda mais certeza depois desta resenha, excelente. Não é um tema fácil de abordar, religião e homossexualidade. É preciso coragem e eu parabenizo o autor.
Sucesso!

Beijocas,

Lu
www.equinocioaprimavera.blogspot.com

Fernanda Souza disse...

Desde que li a sinopse desse livro que tenho vontade de ler. Um tema muito polêmico abordado sempre desperta a minha curiosidade. Na realidade são dois temas em um: um padre se apaixonar e a homosexualidade.
Meu único receio é a forma dessa abordagem não me agradar, mas depois de sua resenha, acho que a leitura é super válida.

Beijos
Leitora Incomum

Kel Costa disse...

Com uma classificação dessa, como não ler, né? rs
Já tinha muita vontade de pegar no livro, Nanda, agora mais do que nunca quero conferir essa história. A capa é ótima!

Bjs,
Kel
www.itcultura.com

*Sa* disse...

O livro parece ser bem legal!
Já tinha lido uma resenha no blog da Carissa, e vocês conseguiram passar bem o que é livro. Mas, o tema não me atrai...

Vamos ver, né?

Bjinhus,

Sa (Mundo-Sa)

Duh Benetti disse...

Serio, parabéns pela resenha. Está super bem construída.
O livro parece ser realmente interessante, ainda não li nada que abordasse o homossexualismo em si. Já li obras que o abordava, mas de maneira menos direta. Confesso que fiquei bem curioso referente a estória desse livro, pois como quase todo mundo sabe, existem muitos padres gays. Acho que o tema igreja católica vs homossexualismo devia ser mais abordado. Pois o assunto é muito polêmico.

Enfim, mais uma vez parabéns pela resenha.

Postar um comentário

Obrigada por comentar, Caçador(a)!
Volte Sempre!

Para postar links nos comentários, utilize o espaço correto:
1- Clique em Comentar Como:
2- Selecione a opção Nome/Url
3- Em nome, coloque o seu nome ou nick das redes sociais.
4 - Em Url, coloque o link do seu blog ou página das redes sociais.

Pronto, assim você comenta e ainda coloca os seus dados, sem fazer spam.

Para dúvidas, sugestões ou solicitação de informações, encaminhe email para: c.delivros@gmail.com

Caçadora de Livros. Todos os direitos reservados.©
Design e codificação por Sofisticado Design