17 de jan de 2012

Resenha: Insaciável (Meg Cabot)

Olá, Caçadores!
Olá!!!

Resenha dupla com Ismael e Caçadora.

Confesso que foi muito difícil pra mim escrever essa resenha. Por várias vezes eu considerei a hipótese de falar sobre outro livro hoje, mas os mesmos motivos que estavam me impedindo de escrever foram os que me motivaram a persistir: O livro Insaciável. Ele é MUITO BOM (se é que isso existe, haha). Então chega de falar de mim, vamos falar de uma boa leitura:

No meu caso, eu fiquei sem palavras, pois a diva MEG consegue fazer uma história nova com o tema vampiros!


Editora: Galera
ISBN: 9788501091345
504 páginas
Traduzido por: Regiane Winarski


Classificação:

Capa: 5.0
Conteúdo: 10.0
Diagramação: 9.0

Sinopse: Cansado de ouvir falar de vampiros? Meena Harper também. Mas seus patrões estão fazendo ela escrever sobre eles de qualquer maneira, mesmo que Meena não acredite neles. Não que Meena não esteja familiarizada com o sobrenatural. Veja, Meena Harper sabe como vamos morrer. (Não que você vá acreditar nela. Ninguém nunca acredita). Mas nem mesmo o dom da premonição de Meena pode prepará-la para o que vai acontecer quando ela conhece – e comete o erro de se apaixonar - Lucien-Antonescu, um príncipe moderno com um lado sombrio. É um lado negro que muitas pessoas, como uma antiga sociedade de caçadores de vampiros, preferiria vê-lo morto. O problema é que Lucien já está morto. Talvez por isso ele é o primeiro cara que Meena já conheceu com quem ela poderia ter um futuro. Entenda, enquanto Meena sempre foi capaz de ver o futuro de todo mundo, ela nunca foi capaz olhar para o dela própria. E quando Lucien é o que Meena jamais sonhou como namorado, de repente ele pode vir a ser tornar o seu pesadelo. Agora pode ser uma boa hora para Meena começar a aprender a prever seu próprio futuro. . . Se ela ainda tiver um.

Insaciável é um livro da escritora Meg Cabot, daí nós já podemos tirar algumas conclusões. Quem já leu os livros da série A Mediadora sabe do que eu estou falando. Mas em Insaciável, a autora segue uma linha diferente: Os vampiros. Como a própria personagem cita nos livros, a moda agora são os vampiros, e eles estão em todo lugar. Mas a nossa heroina, Meena Harper (que possui um poder grandioso, porém complicado) odeia vampiros, e acaba “acidentalmente” se apaixonando por um, o misterioso (e príncipe dos vampiros) Lucien Antonesco. Imaginem o drama. Pra completar nosso triângulo temos Alaric Wulf, um agente de uma antiga (e supostamente extinta) ordem do Vaticano que se dedica exclusivamente a matar todos os vampiros. Ele sai sozinho em uma missão como o objetivo de matar Lucien e acaba se apaixonando por Meena! Deu pra perceber que o motivo da minha dificuldade em resenhar esse livro não foi sem fundamentos, né? Só mesmo lendo o livro para conseguir entender plenamente a profundidade da história.

Quem não gostaria de viver em um castelo em Sighisoara ou em um apê em Bucareste?
Bom, esse requinte todo faz parte de uma coleção de bens do querido Lucien Antonesco, que não liga para esses bens materiais, afinal se você já viveu por milênios, o que um castelo ou um apertamento vão oferecer né?
E é por essa falta de sentido e objetivos, que Lucien se depara com a garota mais ativa, "louca", divertida e completamente verdadeira do planeta, Meena Harper, que cuida do seu cachorro de forma exemplar!
Uma personagem que eu amei, logo após a Meena,  foi a consulesa Mary Lou, tanto pela personalidade como pelas atrapalhadas, rs.

Insaciável é o primeiro livro de uma série (que se chama Série Insaciável), mas mesmo assim, ainda o considero um livro muito completo. Nele encontramos todos os principais aspectos de um livro: Romance, ação, comédia e até algumas lições de moral (por exemplo: “Não julgue um livro pela capa!” ou coisa parecida). Mesmo seguindo os velhos moldes da autora Meg, o que poderia se tornar cansativo se não fosse a genialidade e talento dela em escrever (eu amo essa mulher!), Insaciável nos envolve em sua história e nós percorremos as 504 páginas sem nem notar (e no fim, ainda queremos mais!). 

Para falar a verdade eu nem notei a quantidade de páginas, só fui analisar quando comecei essa resenha, rs.
O livro prende o leitor de forma categórica e ai de quem atrapalha a sua leitura (Momento serial Killer).

Uma das coisas que mais nos chama a atenção é a engenhosidade da autora na hora de construir o livro. A narrativa é contada principalmente da perspectiva dos nossos três personagens principais, e isso nos faz permitir conhecer cada um deles individualmente e criar nossas próprias conclusões sobre eles, e não somente vermos através do olhar do personagem principal, como acontece na maioria dos livros. Isso também ajuda porque todos eles carregam uma grande bagagem emocional, o que ajuda a construir os personagens e montar na nossa mente suas características, e também entender as reações deles a cada tipo de situação. Durante todo o livro somos pegos de surpresa, então para aqueles que ainda forem ler, sugiro que o façam com a mente aberta, porque toda vez em que eu criava expectativas sobre alguma coisa, a autora mudava completamente o destino da história e dos personagens! As pontas soltas que a autora deixou para nos deixar aguardando ansiosos pela continuação também são muito bem colocadas.


O livro apresenta várias histórias, que se mesclam com a principal, fazendo de Insaciável, como o Ismael falou, um livro completo! 
Até agora não entendi o motivo do Lucien deixar o folgado do Dimitri tão solto, mas essas questões serão guardadas para o meu encontro com a autora (Torcendo para ela voltar ao Brasil).
Adorei saber sobre a abusada da Shoshana (nome ridículo) e também como a Meena agiu com a mesma (GO Girl).
A sequência está mais do que esperada, pois o final do livro deixou todos com a maior cara de paisagem, sério, como a Meg faz isso conosco?


Vamos às notas?

O conteúdo é 10 com certeza, e não só por ser fã da Meg, mas sim porque o livro merece!
Concordo plenamente!
A Diagramação é 9.0, porque mesmo sendo muito bem traduzido e formatado, o livro contém alguns erros na hora da impressão, e por isso algumas letras, as vezes palavras inteiras, ficaram apagados ou sumiram, e mesmo que não nos impeça de entender o contexto, atrapalha a leitura.
Acho que foi algum problema na tiragem, pois o meu exemplar veio normal.
Minha única crítica vital a esse livro é para a Capa.
Ainda não entendi o que aquela modelo loira de vestido vermelho fez ilustrando a história de Meena Harper. Meena é uma mulher baixinha e magrinha, com cabelos curtos e castanhos, e todos no livro a caracterizam como uma “fadinha”. Agora reparem na capa. O que essa Barbie Noite de Gala está fazendo ali??? Mesmo sendo linda, não encontro nem um motivo para usarem essa capa (se eu contar sobre a estaca terei que revelar muito spoiler, então deixa quieto, rs), então por isso minha nota é 5.0
Concordo, a Meena representa as mulheres fadas da literatura e não uma femme fatale, a capa é bonita mas não passa todo o poder da Meena.
Todos gostaram? Esqueci de acrescentar algo? Aguardo todos nos comentários, lembrando que todos os caçadores que se manterem fiéis ao site comentando as nossas resenhas terão uma surpresa!
Beijos e nos vemos na próxima terça! ;)


Comentem caçadores, pois precisamos saber se vocês gostaram da resenha em dupla.
Beijos =*

14 comentários:

Pah disse...

OMG, esse livro deve ser ótimo mesmo! Acredita que tenho ele aqui e ainda não deu tempo de ler? Frustante... A Meg é simplesmente DIVA, ela escreve tão bem que não reparamos a quantidade de páginas.

Beijos

Pah, Livros & Fuxicos

Lilian Sinfronio disse...

Uia *.* Começamos as resenhas duplas? o/

Gostei muito de como ficou o resultado final, já que gosto muito dos comentários de vocês dois sobre livros.

O livro parece ser envolvente e (já percebi) sou a única criatura no mundo que ainda não leu Meg Cabot =D

Bjos

Valery Ortega disse...

Ahh adorei a resenha ficou maravilhosa vocês trabalharam bem, está maravilhosa, adorei mesmo. O livro é tudo isto que vocês falaramu e muito mais, eu adoro a Meg, agora imagine ela escrevendo sobre meu tema preferido... huhum perfeito. Ofinal realmente nós deixa assim rsrs eu fiquei pensando "não acredito que ela vai me deixar assim, de novo não" kkkk, mas estamos falando da Meg nãoo é?
Bjus

Jonas disse...

O.O
Gostei da nova versão de resenhas.
Duas resenhas em uma de um mesmo livro!
Parabéns

Criticando por aí. disse...

Adorei o estilo de resenha dupla! Um acaba complementando o outro, muito bom! Sou super fã da série 'A mediadora' e se essa está tão boa quanto, nossa, acho que vou ter que começar à ler :X

Beijos,
Caroline, do http://criticandoporai.blogspot.com

Anônimo disse...

Não entendi o motivo da capa ser tão diferente da personagem principal? O.o
Apesar de ser bonita, mas não criou identidade com a história.
Parabéns pela resenha Ismael e Caçadora.
-Henrique.

Lu Piras disse...

A Lilian (acima) não é a única criatura no mundo que não leu Meg Cabot. Tenho ouvido tantos elogios a essa autora que preciso urgentemente conhecê-la! E acho que encontrei um bom livro para começar! Percorrer 504 páginas sem notar é algo notável! *-* Adorei a resenha dupla de Insaciável e já acrescentei esse livro na minha wishlist! *-*
Beijocas,

Lu
www.equinocioaprimavera.blogspot.com

Agda disse...

Para tudo...resenha dupla adorei!!!
Ismael e Fe adorei esse livro tem um pouco mais que uma semana que li ele e já tinha um bom tempo que ele tava paradinho na minha estante ¬¬.
Peguei ele numa tarde sem energia e chuvosa e quando dei por mim já estava na hora de fazer o jantar e nada mais nada menos que no capitulo 25 rsr, isso que eu só ia ler os primeiros capítulos.
Adoro os livros da Meg ela realmente é uma diva e com esse livro ela só mostrou mais ainda o talento nato dela.
Nem preciso dizer que como vcs estou ansiosa pelo próximo livro né! Também fiquei sem entender o motivo da loira na capa Oo mas acho ela linda e adoro a textura dela <3.
Também torcendo pra Meg voltar o mais rápido ao nosso Brasil *-*
Ismael adorei seu jeito de escrever parabéns e Fe você sabe que o que você escreve pra mim é lei né bjs.

@Agda01

Marcelo Lima disse...

Amei esse livro , foi um dos melhores do ano passado !Sua resenha está muito bem feita ")

Jordana Broering disse...

Adorei a resenha em dupla, dá pra comparar as opiniões sobre o livro. Eu já li este livro e gostei muito da história. Concordo que a capa, apesar de muito bonita, não combina com a história. Espero que saia logo a continuação.

Beijinhos

A leitora disse...

Uau! Primeira resenha dupla que leio ^^
... e gostei, vocês estavam em sintonia, complementaram um ao outro dando uma boa ideia do livro e mostrando que ele é relamente bom!
Já tinha ouvido falar bastante dele, mas não dessa forma, gostei bastante.
Achei vários pontos interessantes na resenha, um deles é elogio que fazem em relação a ser o primeiro livro da série e conseguir não ficar com aquele aspecto de prólogo ^^; outro foi sobre a capa (que também acho lindíssima), não sabia dessa informação O.O, e acho isso muito grave, porque acaba com a imagem que os leitores vem contruindo, afinal, a leitura começa pela capa; e, para finalizar minhas observações (e não escrever outra resenha, porque 3 é demais rs ;p) achei muito legal o falto de vocês terem dado a dica de não criar expectativas sobre o enredo ... pel o visto a Meg conseguiu surpreender em vários sentidos, e criar, não mais uma, mas uma boa história com vampiros ;)

Parabéns Ismael e Fernanda! A resenha ficou ótima!!

:*
@Leitora1
www.aosleitores.blogspot.com

Gabi disse...

PARA TUDO, estou louca para ler esse livro! Tinha amado a capa até ler sua resenha. Como assim fadinha e colocam uma mulher loira e linda na capa???

Affffffffff

Beijos
Gabi - Romances e Leituras

Gisele Galindo ou simplesmente Gi. disse...

Estou louca para ler esse livro, q tá na fila de leitura lá em casa... mas, tem mts na frente dele ainda, principalmente os de autores nacionais... rs

Amei o "Barbie Noite de Gala", hahahahaha, mt bom!!!!

A capa é linda, mas se não tem nada a ver com a história... aí fica estranho.

Parabéns pela resenha!!!!

bjs***

Ana Catarina Bastos disse...

mt booom! um dos melhores que eu já li

Postar um comentário

Obrigada por comentar, Caçador(a)!
Volte Sempre!

Para postar links nos comentários, utilize o espaço correto:
1- Clique em Comentar Como:
2- Selecione a opção Nome/Url
3- Em nome, coloque o seu nome ou nick das redes sociais.
4 - Em Url, coloque o link do seu blog ou página das redes sociais.

Pronto, assim você comenta e ainda coloca os seus dados, sem fazer spam.

Para dúvidas, sugestões ou solicitação de informações, encaminhe email para: c.delivros@gmail.com

Caçadora de Livros. Todos os direitos reservados.©
Design e codificação por Sofisticado Design