16 de jan de 2012

Resenha: Chantilly (Mare Soares)

Edição Independente
ISBN: 978-85-910699-0-3
147 Páginas

Classificação:
Capa: 6.0
Conteúdo: 4.0
Diagramação: 7.0

Sinope: Um diário foi escrito. Catherine Aragon, numa atitude desesperada, escreve suas recordações em busca de socorro. Somente dez anos depois suas palavras foram ouvidas por um renomado cientista. Ethan Stuart, um homem com pouco carisma, toma as rédeas da situação para tentar ajudá-la. Ele contará com a ajuda de personagens suspeitos: o exótico Leon Saiter, um alcoólatra sem muita perspectiva, que arriscará a própria vida para obter êxito na resolução do caso, e a interessante Anabelle, que vive um dilema dentro de si onde questionará suas verdades e seus valores. A tríade investigadora conclui a soma dos catetos, tornando Chantilly um dos desafios mais intrigantes do seu viver. Mergulhe nesta aventura, em um ambiente noir, repleta de mistérios a serem desvendados numa cidade onde as pessoas perderam as lembranças.


Comprei o livro através de uma promoção feita pela autora no Twitter, e no mesmo dia em que recebi iniciei a leitura. Resolvi conferir se a obra era mesmo o que estavam dizendo pelas redes sociais, vamos ver do que se trata?!

O livro traz diário e cartas de Catherine Aragon, uma personagem carismática e pouco retratada, mas que parece ser ponto chave na trama. Ela mora em uma cidade a 40 km de Paris, chamada Avilly Chantilly. A cidade é tomada por um acontecimento incrível e terrível ao mesmo tempo: os seus habitantes irão sofrer de perda de memória coletiva, e Catherine busca guardar suas lembranças em um diário por medo que elas se percam.

Esse diário irá ser encontrado – dez anos depois de escrito – por Ethan Stuart, historiador e cientista, estudioso dos acontecimentos ocorridos na cidade. Ele irá contar com a ajuda de Leon Saiter, bêbado inveterado que parece ter estado em Chantilly no período da crise, e irá surgir a estranha Anabelle para completar o triângulo. Eles são os responsáveis por buscar a verdade do que aconteceu para que tantas pessoas da cidade viessem a óbito e o motivo do aparente abandono das autoridades, uma narrativa buscando a investigação espiã.

A verdade é que a estória podia ser muito boa, bem explorada e destrinchada, mas não é o que aconteceu. Os personagens são pouco apresentados, a narrativa é fraca a ponto de o leitor se perder na fala dos personagens e não identificar o perfil de cada um. Li diversas vezes e não consegui captar qual cidade é Avilly e qual é Chantilly. São pequenas coisas que tornam a leitura arrastada e confusa.

Encontrei diversos pontos de erro de concordância, pontuação e acentuação. Não sou profissional nesse assunto, e até erro bastante, mas se eu fui capaz de perceber é porque são graves, a ponto de ameaçar o bom andamento da leitura.

Fiquei realmente muito triste. Acredito que a autora tinha uma idéia muito boa, mas se precipitou em lançar o livro. Ele poderia ter sido melhor trabalhado, estruturado e aí sim, valeria muito a pena ser lido. Parece ser uma trilogia, tomara que a autora reveja todas essas pequenas falhas e consiga a melhor forma de adequar tudo isso em dois volumes melhorados. Enfim, tudo o que tenho lido sobre o livro é verdade, ele deixa muito a desejar.

A Classificação?
A Capa é 6.0, pois não vi ligação com os acontecimentos do livro.
O Conteúdo é 4.0, pelo que a estória poderia ter sido.
A Diagramação é 7.0, já que achei bem organizado e é possível acompanhar o que a autora quis passar com a quebra de páginas.

Aguardo vocês nos comentários.
=*

11 comentários:

Kellen Baesso disse...

Interessante sua resenha. Também comprei na promoção e estou com ele na pilha, não faço ideia de quando vou ler. Mas fiquei um pouco desanimada.
Parabéns pelo texto.
Beijo

A leitora disse...

Olá!
Eu vi essa promoção no twitter, até fiquei com vontade de comprar, mas não tinha lido nada sobre o livro, então resisti ^^

Para ser bem sincera, não me senti atraída pela história, e achei confusa essa questão de todos perderem a memória e depois morrerem (??).
Espero que autora consiga evoluir em sua escrita e produzir outros trabalhos :) ... Boa sorte a ela!

:*
@Leitora1
www.aoleitor.blogspot.com

Jonas disse...

Que pena...
Acredito que se ela fizer uma revisão e contratar alguém para organizar as idéias, o livro dela pode ficar melhor.

Caçadora de Livros disse...

Comprei o livro essa semana, mas ainda não li.
Assim que der vou fazer isso para analisarmos juntas.
E como sempre, uma resenha bem fundamentada e objetiva.
Parabéns.
Abs,

Bianca =) disse...

Que pena que foi mal desenvolvida =/
Erros pontuação pegam no meu pé rs, brincadeira é só a maldita virgula =/
Foi bem sincera sua resenha e nota 4 é péssimo.

Bianca
Um Universo Fantástico

Jordana Broering disse...

Uma pena o livro não ter sofrido uma boa revisão. A história parece ser meio confusa, tomara que a escritora evolua em seus próximos trabalhos.

Beijinhos

Valery Ortega disse...

Tenho este livro mas ainda não tive a oportunidade de ler. Acho que vou colocar ele um pouco a frente na fila para poder ver se nossas ideias sobre o livro são as mesmas.
Bjus
Val

*Sa* disse...

Eu gosto muito da sinceridade com a qual você resenhou e fundamentou a resenha. Parabéns por isso!

E fiquei triste por saber que não houve um desenvolvimento maior dos personagens, pois a premissa parecia ser bem interessante!

Bjinhus,

Sa (mundo-sa.blogspot.com

Mireliinha disse...

Sabe aquele livro que você vai perdendo a vontade de ler a cada resenha que lê? Esse é um! :(
E tem uma capa tão fofinha né?

:*
Mi
Inteiramente Diva

Fátima Menezes disse...

Erros de ortografia até são perdoáveis (prejudicam muito a leitura, mas aí a responsabilidade principal é da editora). Se a história for boa, tento ignorar os erros de gramática. Recentemente, li um livro assim. Dava vontade de sair riscando as páginas para corrigir os erros, mas a história era muito boa. Uma revisão atenta resolve.

Agora, se a história em si não é bem estruturada, é complicado. Você não pode reescrevê-la. Tem de pensar nisso antes de buscar publicação.

Bem, já não era muito animada para comprar esse livro. O enredo é interessante, mas também é a única coisa que me atrai. Após sua resenha, não tenho pressa em lê-lo. Espero que a autora consiga melhorar a trama nos livros seguintes.

Sim, os livros chegaram, flor. Muito obrigada!

Fátima Menezes - @RecantoCaliope
http://recantodecaliope.blogspot.com

Jean Almeida disse...

Como tu disse, a ideia da historia 'e muito boa, mas foi mal trabalhada.
Eu tambem li/resenhei, e acabei ganhando um exemplar para sorteio.

--

http://1livromecontou.blogspot.com

Postar um comentário

Obrigada por comentar, Caçador(a)!
Volte Sempre!

Para postar links nos comentários, utilize o espaço correto:
1- Clique em Comentar Como:
2- Selecione a opção Nome/Url
3- Em nome, coloque o seu nome ou nick das redes sociais.
4 - Em Url, coloque o link do seu blog ou página das redes sociais.

Pronto, assim você comenta e ainda coloca os seus dados, sem fazer spam.

Para dúvidas, sugestões ou solicitação de informações, encaminhe email para: c.delivros@gmail.com

Caçadora de Livros. Todos os direitos reservados.©
Design e codificação por Sofisticado Design