27 de jan de 2012

Caça Autores: Suzana Ribeiro

Bom dia, caçadores!
Hoje tenho a honra de apresentar, Suzana Ribeiro, escritora de:


Vamos começar?


         Quando começou a escrever?

Em dezembro de 2008, mas houve uma pausa de vários meses até que enfim terminei O Elo Forte no fim de 2009. Começei Um Sonho Distante em março de 2010 e o terminei no fim do mesmo ano.

           Em uma palavra, sobre  que assunto tratam seus livros?
Basicamente, sobre família. O subtítulo – uma história contada por quatro gerações é justamente por isso. O personagem principal narra o 1º, sua filha é a narradora do 2º (que está sendo lançado agora), no 3º livro da série, o neto continuará, e no 4º e último, a bisneta daquele que introduziu a história a concluirá a história, juntamente com a mensagem que me proponho a passar.

           E que mensagem é essa? É um livro de auto ajuda?
Na verdade, é um romance, misturado com aventura e ficção (por causa dos amigos invisíveis e sua dimensão) mas há muitos valores transmitidos nas entrelinhas. A mensagem principal é o incentivo à reflexão sobre o quanto nossas decisões afetam muito mais do que nossa própria vida. Somos como elos em uma corrente, os pais precisam ter mais consciência do que passam adiante, como legado para sua posteridade.

           E quem são esses amigos invisíveis?
Então, sabe aqueles que muitas crianças têm, com quem interajem e se divertem, que ninguém mais vê? São eles! Mundos paralelos são muito comuns na literatura/cinema, na série de O Elo Forte, temos a dimensão dos amigos invisíveis, que se chamam pulsares...

          Então é um livro voltado para o público do infanto-juvenil?
Não exatamente... tenho leitores dessa faixa etária, que gostaram bastante. Mas o conteúdo é de interesse geral.

          E sobre os deja vus que seu personagem apresenta, você acredita que isso ocorra na vida real?
Sim, eu mesma já tive essa sensação de deja vu diversas vezes. Mas obviamente, não ocorreram por minha amiga invisível ter me adiantado algumas partes da vida, como no caso de meu personagem. Não sei porque isso ocorre, mas acredito que podemos ter lampejos de “memória” de nossa vida pré-mortal e se nos foi concedida uma prévia da experiência terrena, talvez o deja vu seja um reflexo celestial comprovando que não começamos a existir no nascimento, nem deixamos na morte.

           De onde surgiu a ideia da Montanha dos Pensamentos?
Isso foi interessante. Eu sonhei com esse lugar, e achei tão incrível que resolvi incluí-lo na história, acabou se tornando parte vital dela.

        Você acredita que nossas memórias/ experiências possam armazenadas/ eternizadas de alguma forma, como ocorre na Montanha dos Pensamentos?
Sim, em primeiro lugar acredito que após esta vida nossa memória não será mais falha, como agora, então nos lembraremos com todos os detalhes, de tudo que vivemos, sentimos, pensamos, escolhemos e fizemos. E em segundo lugar, gosto de imaginar que temos algo como uma montanha dos pensamentos quando registramos as coisas mais importantes em diários e fotografias, assim poderemos nos “lembrar” e passar adiante pelo menos aquilo que decidimos guardar!

            Quais semelhanças/diferenças  você vê entre O Elo Forte e Um Sonho Distante?

Bom, eles são parecidos por serem  do mesmo ambiente familiar, e os pulsares (amigos invisíveis) estão ainda mais presentes. Mas acho o 2º diferente por ser um pouco mais romântico e misterioso, com a trama fora de ordem cronológica.

         Você disse que será uma série com 4 volumes, há previsão para o próximo?

Não exatamente, mas tenho o principal em mente, se chamará A Guerra Invisível.

O Elo Forte – uma história contada por quatro gerações e Um Sonho Distante – o que existe além da memória podem ser encomendados pelo site: www.deseretbrasil.com e no formato e-book em www.bookess.com.br.
Você pode saber mais sobre os livros no blog da autora – Nossos Valores, acesse: http://www.escritorasuzanaribeiro.blogspot.com/

Gostaram?
Então comentem, pois em fevereiro (mês dos autores nacionais) teremos várias promoções, inclusive dos livros da Suzana.
Beijos,

5 comentários:

Jonas disse...

Cada vez mais autores novos por aqui.
Parabéns para ela, pela garra e coragem e pelo blog, pelo espaço.

Ismael Ph disse...

Adoro conhecer novos autores! *--*
Parabéns à Suzana por ter seguir seu sonho e se tornar escritora, é muito difícil publicar no Brasil hoje em dia!!!

Adorei a entrevista, fê!

Jordana Broering disse...

É ótimo ver novos autores, principalmente os nacionais, recebendo mais espaço.

Sonhos em Tinta [Brenda S.] disse...

Eu sou mega-fã da Suzana... quem visitou meu blog recentemente pode ver...

Gostei muito do trabalho dela e a admiro muito! E é bem legal encontrar alguém que compartilha dos seus valores *---*

bjos pra vc Fer e pra Suzana tbm ^^

♥ Paty ♥ disse...

Eu não conhecia essa autora, mas já me encantei por ela e seus livros, adoro o assunto abordado, são livros que vão pra minha listinha de desejo. Ótima entrevista.

http://leiturasdepaty.blogspot.com/

Postar um comentário

Obrigada por comentar, Caçador(a)!
Volte Sempre!

Para postar links nos comentários, utilize o espaço correto:
1- Clique em Comentar Como:
2- Selecione a opção Nome/Url
3- Em nome, coloque o seu nome ou nick das redes sociais.
4 - Em Url, coloque o link do seu blog ou página das redes sociais.

Pronto, assim você comenta e ainda coloca os seus dados, sem fazer spam.

Para dúvidas, sugestões ou solicitação de informações, encaminhe email para: c.delivros@gmail.com

Caçadora de Livros. Todos os direitos reservados.©
Design e codificação por Sofisticado Design