25 de nov de 2011

#11 Caça Autores: Gutti Mendonça e Federico Devito


Olá Caçadores! 
Carla aqui outra vez, entrevistando novos autores para vocês. Dessa vez, tive a chance de fazer algumas perguntas e descobrir um pouco mais de Federico Devito e Gutti Mendonça, que acabaram de lançar seu primeiro livro [uma parceria, claro] O Preço de Uma Lição, pela Novo Conceito. Tenho certeza que vocês se encantarão ainda mais pelos garotos -assim como eu! - após ler as respostas dos meninos. E adicionar mais dois escritores na nossa lista de favoritos da literatura nacional! 

O Preço de Uma Lição fala sobre a capacidade que os meninos também têm DE AMAR! Isso mesmo. Se você nunca imaginou ler algo escrito por meninos, que falasse de amor, essa é a chance. Ao longo do livro, as transformações e dúvidas do amor cercam o personagem, e, é lendo que você descobre como o garoto enfrenta tudo isso. -Assim como nós, garotas. Por incrível que pareça, talvez até de uma forma mais intensa!
Então chega de bla bla bla e vamos direto à entrevista! Infelizmente, foi feita online e meu tão sonhado abraço nos meninos não pode ser dado :( Mas quem sabe um dia, né?




- Antes de perguntar sobre o livro, quero saber mais sobre vocês. Isso vai soar como se vocês fossem um casal, então me desculpem, mas como vocês se conheceram? 

Federico: Nós escrevíamos para uma rede de sites, eu para um, ele para outro. A gente não se conhecia, só sabíamos da existência um do outro. Em um evento em São Paulo que reuniu o pessoal dessa rede de sites nós finalmente nos conhecemos e desde então nunca mais paramos de nos falar. Isso já faz uns 6 anos.


- De onde surgiu a ideia da parceria? E como vocês concordaram sobre o assunto do livro?

Gutti: Eu sempre falo que não surgiu uma ideia, ideia... começamos a escrever despretensiosamente. Tudo começou como uma brincadeira e quando a gente parou para  analisar a gente viu que podia fazer uma boa história com o material que a gente tinha.

Federico: É. Aí a ideia de publicar veio e a gente fez algumas modificações e mudanças pra lançar na forma de um livro.

- É claro que é algo que vocês meninos devem conhecer bem - pelo menos é o que nós, meninas, esperamos - a capacidade que os meninos também tem de amar, mas como vocês descobriram que escreveriam sobre isso? 

Federico: Como a gente falou, a gente só descobriu que ia escrever sobre isso depois que a gente já tinha começado a escrever.

Gutti: A gente fazia muitas brincadeiras com as histórias uns dos outros, muitas coisas sobre mim ele acabou escrevendo e coisas sobre ele eu acabei escrevendo. E assim que foi surgindo.

Federico: E essa coisa de meninos serem capazes de amar... é claro que são. E acabamos escrevendo sobre esse assunto porque aconteceu de nós falarmos sobre coisas que passamos, e vamos nos limitar a falar que já nos apaixonamos.

- Revezavam-se a cada capítulo ou escreviam juntos?

Gutti: Nem um nem outro na verdade. A gente escrevia algumas coisas que tinhamos em mente, alguns tramas, e depois dávamos, juntos, um jeito de encaixar tudo. Mas claro, um opinava na parte do outro e às vezes modificávamos alguma coisa.

- Muitos autores falam que encontram inspiração na música. De onde vem a inspiração de vocês? Da música também? 
Federico:  Dá música também, de tudo que é bonito na verdade, de tudo que faz você pensar, tudo que te leva a imaginar ou sonhar. Se a gente reparar a nossa volta vai perceber que muitas coisas são fontes de inspiração.

- Sei que no player do Federico tem Demi Lovato, e no seu, Gutti? Algum outro cantor (a) ou banda que inspire vocês?
Gutti: Risos. Eu gosto muito do Frank Sinatra, minha musica favorita é "My Way".  Acho fantástica. Eu gosto de algumas bandas mais teens também, mas não são elas que eu escuto quando to buscando inspiração, elas eu escuto mais para me divertir mesmo.


- Hoje o livro de vocês está em nossas estantes. O que tem na de vocês? Mais literatura brasileira ou estrangeira? - Literatura argentina a gente não conta, tá? =)
Gutti: Confesso que na minha tem mais obras estrangeiras. Comecei a ler ontem "O Órfão de Hitler". Mas este ano foi corrido para mim, eu mais escrevi do que li. Não cheguei a ler 10 livros este ano.
Federico: Hoje eu estou lendo a biografia de John Lennon, mas não tenho muita preferência para estrangeiros ou nacionais, vou mais pelo assunto, quando ele me fascina eu não me importo com a origem da obra, só com a obra em si.

- Estão animados em saber que viajarão pelo Brasil para autografar os livros? Estão nervosos com a reação dos leitores?
 Gutti: Sim! Estamos super ansiosos para saber a reação do público, o que acharam, o que marcou, ou que sentiram lendo. E claro que estamos ansiosos pelo contato com o público também, a gente já sente o carinho distante, imagina a meio metro. Risos.
Federico: Estamos muito animados, nervoso não tanto, mas super mega ansioso para chegar logo e receber o retorno do público
.
- Entrando no tema do livro, pra vocês, o amor tem preço? - Ou vão nos deixar a pergunta até terminarmos de ler o livro para descobrir? 
Federico: A minha querida, tudo na vida tem, o problema é que quando a gente tá apaixonado a gente paga o preço que for.
Gutti: Isso aí. A gente paga, independente do preço, a gente paga, financia, parcela... faz o que for, mas não abre mão.

- Como o personagem percebe que está amando? Até que ponto vocês acham que é válido correr o risco por amor? 
Federico: Percebe acho do mesmo jeito que todo mundo. Quando ele se sente completamente vulnerável, mas feliz, na frente da pessoa que ama. Agora a segunda parte da pergunta é difícil. O que você acha Gutti?

Gutti: Quando não vale a pena se arriscar por amor?

Federico: To contigo. Quando não vale?

- No livro, vocês dizem que o amor nasce com a gente. Com o personagem, o amor é despertado ainda cedo? Tem idade pra amar?
Federico: Não tem idade não. O amor sempre tá com a gente, o que muda conforme a gente cresce e sofre na vida é a forma de expressar esse sentimento.
Gutti: Amor não tem idade, o amor não tem lugar, o amor não tem hora. Por que o amor está em todo lugar a to momento.

- E aí, alguma chance dessa parceria se repetir?
Federico: Com esse cara aí?
Gutti:  Com esse argentino?
Federico: Com esse paulista?
Gutti: Com esse tampinha?
Federico: Safado?
Gutti: Lasarento.
Federico: Palmeirense!
Guti Flamenguista!
Federico e Gutti: Sim, é provável.

- Vamos lá, vocês tem a chance de convencer nossas leitoras, as Caçadoras de Livros, a comprar e ler "O Preço de Uma Lição". O que vocês dizem para elas?
 Federico: Eu recomendo, ótima leitura. uhauhaauh. Não, sério. É um livro que modéstia a parte tá bem bacana, você vai se apegar aos personagens, eles são bem carismáticos. As pessoas que leram por enquanto estão falando muito bem.
Gutti: Muito bom mesmo(!) Ah, é difícil fazer propaganda do próprio livro, mas tô com o Federico, os personagens são bem marcantes e a história é bem envolvente, segundo as pessoas que já leram tem falado. Espero que todos gostem. Precisa ler pra descobrir o preço de uma lição.

- Guttietes, Baby Loves... quais são as mais legais? - (A "entrevistadora", no caso, eu, está rindo enquanto escreve essa pergunta, imaginando a reação de vocês à ela).
Federico: Não tem mais legal, elas todas são fantásticas, não sei o que eu faria se não tivesse o apoio delas em diversos momentos da minha vida. Amo todas elas.
Gutti: Bom, só depois de ter minhas fãs também que eu entendi o que federico em uma frase dele: "Todas vocês formam um grande amigo que eu amo muito". E é bem por aí, é muito bom poder contar com elas pra qualquer coisa. Elas são fantásticas.

- Sei também que o Federico tem tumblr, e gosta de filosofar por lá. Você também tem, Gutti? O que vocês acham de sites como o tumblr que proporcionam vários formatos de leitura, e o twitter que proporciona esse gigante contato com as leitoras? 
Gutti: Eu até tenho tumblr, mas eu não atualizo muito não. Eu posto mais no meu blog alguns textos (www.gutti21.com.br). O tumblr, mesmo que eu não atualize muito o meu, eu leio muito alguns que eu sigo, e é uma ótima forma de se expressar e de mandar indiretas né? uhauhauha. O twitter é ótimo também por trazer o contato com o público.
Federico: Tumblr é mesmo ótimo pra se expressar e pra falar algumas coisas também que estão entaladas. Também é ótimo para ver o pensamento e os gostos de muitas pessoas, tem muita coisa legal no tumblr. O twitter é mesmo ótimo para falar com as fãs. A nossa relação não fica tão distante.

- Para finalizar, gostaria de agradecer pela paciência com as minhas perguntas - tenho 15 anos, falta um pouco pra sequer entrar na faculdade de jornalismo, né? =) e dizer que quando vierem a Fortaleza, estarei lá na fila pelos autógrafos, com toda certeza!

Federico e Gutti: A gente que agradece!


Sigam os meninos no Twitter:
@Gutti_21
@FedericoDevito

Muito obrigada Andrea Ferreira, assessora de imprensa da Novo Conceito!








8 comentários:

Jonas disse...

Pow o cara gosta de Frank Sinatra!
Já considero ele!
Parabéns Carla!

Mell Ferraz disse...

Concordo com o Jonas, ele parece ter bom gosto, pelo menos.
Adorei a entrevista, espero gostar mais deles com a leitura.

Beijos,
Mell Ferraz - Croissant Parisiense

Carissinha disse...

São muito simpáticos. Adorei a entrevista.
O jeito deles parece bem legal. Se isso refletir na escrita acho que vou gostar do livro.

Beijos!!

Jordana Broering disse...

Gostei da entrevista, eles parecem ser interessantes...
Quem sabe como é o livro.

Beijinhos

Mari Sampaio disse...

Nossa. São mesmo muito simpáticos! Carlinha, você está arrasando com os posts!

Beijão;

Mariana Sampaio
Blog Tijolinhos de Papel

Ilmaralina disse...

Adorei o post, a entrevista, tudo! Os meninos são uns fofos e a entrevista tá muito bem feita e as perguntas bem pertinentes.Parabéns!

Caíque Fortunato disse...

A entrevista ficou bem legal kk, bem feita, a resposta deles foram bem descontraídas e tal. Ganhei o livro deles e estou muito ansioso para ler, parece ser bem interessante :)

http://entrepaginasdelivros.blogspot.com/

Kel Costa disse...

Muito interessante ver um garoto tão novo e fã de Frank Sinatra rsrs
Os meninos são super simpáticos e torço pelo sucesso deles!
Estou super ansiosa pra ler esse livro!

Bjs,
Kel
www.itcultura.com

Postar um comentário

Obrigada por comentar, Caçador(a)!
Volte Sempre!

Para postar links nos comentários, utilize o espaço correto:
1- Clique em Comentar Como:
2- Selecione a opção Nome/Url
3- Em nome, coloque o seu nome ou nick das redes sociais.
4 - Em Url, coloque o link do seu blog ou página das redes sociais.

Pronto, assim você comenta e ainda coloca os seus dados, sem fazer spam.

Para dúvidas, sugestões ou solicitação de informações, encaminhe email para: c.delivros@gmail.com

Caçadora de Livros. Todos os direitos reservados.©
Design e codificação por Sofisticado Design