6 de jun de 2011

Resenha: O vôo da Estirpe (Adriana Aguiar)

Boa tarde, Caçadores!
Tudo bem com vocês?
Bom, hoje foi um dia muito especial!
Recebi a honra de resenhar o livro O Vôo da Estirpe da autora Adriana Aguiar.
Ela me mandou o projeto do livro, ou melhor o ARC e eu amei!
*.* Meu 1º ARC =D
Vamos conferir?

O vôo da Estirpe - Adriana Aguiar


O vôo da Estipe é um livro rico em detalhes e de reflexões da vida humana.
Um livro adulto, complexo e leve ao mesmo tempo.
Confesso, que sorri, chorei, senti raiva, provei o sentimento de perda e também o renascimento.
A história mexe com o interior do leitor e é impossível você não se envolver com todo o enredo.

O vôo da Estirpe é narrado em 1ª pessoa, pela personagem Clarice, uma mulher inteligente, confusa, independente e ao mesmo tempo submissa, não nos patamares conhecidos, mas submissa pela própria confusão de sentimentos que permeiam o seu interior, não vivendo plenamente.

Já na primeira página do livro, o leitor já entende a complexidade de sentimentos, que serão retratadas por todo o texto:

"O assassino se preparava para a minha rendição. Encurralada, e com duas alternativas a escolher, saltei do penhasco com o coração cheio de vida e medo".

Clarice tem 28 anos, é uma romântica de carteirinha, apesar de não gostar de assumir isso. Uma mulher, que vive e sofre com dramas internos, desde a perda da sua mãe até a traição da sua melhor amiga.
É um personagem fascinante, pela riqueza de sentimentos e de vontades, tão escondidas e não assumidas, que faz o leitor querer que a mesma se liberte, de suas próprias decisões terrivelmente objetivas, para se entregar ao sentimento vivenciado no momento.

E com esse enlace, que aparece o homem misterioso, de sapatos pretos e paletó marrom.
O nome dele é Klaus, um homem que ama, respira e vivencia a vida com toda a sua plenitude e além de ensinar essa leveza e liberdade para a Clarice, faz com que ela viva um sentimento, puro, feliz e contagiante.

pág: 54

" A felicidade jamais virá de outra pessoa, e sim, através do que tenho feito para contribuir com que isso acontecesse".

Torci muito pelos dois personagens, fiquei cativada pela riqueza e pelos antagonismos dos dois, ela totalmente racional, com uma fera emotiva trancada, que sempre quis sair, porém nunca teve a oportunidade e ele um ser iluminado, que apesar das adversidades, ajudava o próximo e conseguiu plantar a semente do amor, em uma mulher que se encontrava confusa e perdida.

Impossível não ser comovida com a beleza de O vôo da Estirpe.
Para você sentir a fluência de sentimentos, a página 136 demonstra bem o que eu senti ao ler esse livro:

pág 136:

"Uma parte de sua alma, está conectada a minha".

Não sei, se consegui expressar fielmente todos os sentimentos que tive, com esse livro.
É um romance, com alusão psicológica, sim, mas é mais do que isso, é um romance que faz você detalhar, sentir, expressar e vivenciar o amor, de uma forma linda e única!

Agradeço imensamente a Adriana, pela oportunidade de fazer a resenha desse livro tão especial, que conseguiu ultrapassar todas as minhas barreiras e de forma sutil, alcançou uma leitora, fã e torcedora, para que ele seja publicado e conhecido por milhares de fãs, que precisam vivenciar e reaprender o que é o amor!


Eu apoio a publicação de O vôo da Estirpe!
Gostaram?
Então acessem o blog da Adriana Aguiar, e conheçam mais sobre seu lindo trabalho!
Ela também está no Twitter: @

Beijos =*


@ 

8 comentários:

Pah disse...

Oi Nanda, tudo bem?
Nossa o livro parece ser muito bom, já tinha visto algo sobre o trabalho da autora no Twitter, mas agora que li sua resenha fiquei encantada! vms criar um movimento: Eu apoio a publicação do livro O vôo da Estirpe \\o//

Beijokas

Livros & Fuxicos

Paty Algayer disse...

Este livro parece ser muito bom!! Adorei a resenha, viu? Muito bem escrita... Bjusss...

Mari Sampaio disse...

Oi!
Resenha muito bacana essa!
Gostei muito mesmo!rsrs
Sabe, nunca vi livros assim pra vender... não que não existam, só que é um tanto difícil de achar, certo?

Enfim, apoiando a publicação!rsrs
Beijinhos!

Dani Marreiros disse...

Ótima resenha!
Concordo com a Pah, vamos criar o movimento para publicação do livro!
Muito bom!
Bjoks
=*
Por Trás das Letras

Kellen Baesso de Sousa disse...

Gostei muito da resenha e da proposta do livro. Tem tudo para dar certo e ser um sucesso, hein?
Beijos

Agda disse...

Caçadora vc consegue emocionar a gente nessa resenha.Simplismente linda e o livro realmente deve ser ótimo.
@Agda01

Raffafust disse...

Hum...amei a resenha! Ainda não conhecia o livro!
arrasou amiga!!1 deu vontade de sair correndo pra comprar!

bjos
Raffa Fustagno
http://livrosminhaterapia.blogspot.com/

renansouzamerces disse...

Olá, Caçadoras.

Eu quero muito ler todos os livros da Adriana Vargas. Desejo sorte a ela e a todos os autores do Club Novos Autores. Parabéns à Dri e ao blog.

Atenciosamente,
R.S.Merces

Postar um comentário

Obrigada por comentar, Caçador(a)!
Volte Sempre!

Para postar links nos comentários, utilize o espaço correto:
1- Clique em Comentar Como:
2- Selecione a opção Nome/Url
3- Em nome, coloque o seu nome ou nick das redes sociais.
4 - Em Url, coloque o link do seu blog ou página das redes sociais.

Pronto, assim você comenta e ainda coloca os seus dados, sem fazer spam.

Para dúvidas, sugestões ou solicitação de informações, encaminhe email para: c.delivros@gmail.com

Caçadora de Livros. Todos os direitos reservados.©
Design e codificação por Sofisticado Design