quarta-feira, julho 30, 2014

[Divulgação] Lançamentos @editoraarqueiro @SdE_Brasil @sextante

Bom dia, caçadores!
Como vocês estão?
Essa semana temos postagens premiadas.
Já perceberam? Não? A de ontem premia com 20 marcadores da Novo Conceito e a de hoje com 20 marcadores das editoras Arqueiro e Saída de Emergência Brasil.

Mas, antes vamos conhecer os lançamentos selecionados pela Caçadora. ;)


Os tigres retornam e agora vamos saber como tudo aconteceu, resultando na maldição, já conhecida por nós.


Filme no cinema, o livro ganhou uma nova capa e mais divulgação, mas minimalista como sou, prefiro a capa antiga. ;)

terça-feira, julho 29, 2014

[Divulgação] Lançamentos @Novo_Conceito

Boa noite, caçadores!
Tudo bem com vocês?
A Bienal está chegando e olha que a NC está cheia de lançamentos.
Confira agora os selecionados pela Caçadora. ;)


Eu espero que tenha bastante ação. Adoro fantasia com ação e espero sinceramente que a Tana (personagem principal), seja uma heroína com "H".
 

segunda-feira, julho 28, 2014

III Concurso de Contos: Roteiros Folclóricos

Boa noite, caçadores!
Quando eu digo que estamos respirando literatura por aqui, eu não estou brincando.
Graças aos céus estamos movimentando a Ilha para todas as expressões culturais.

Uma prova disso é o III Concurso de Contos: Roteiros Folclóricos (e eu vou ser uma das juradas).

O III Concurso de Contos consiste em um concurso de roteiros amador, do gênero fantástico, que acontecerá dia 20/09/2014 no IX SAF, com premiação para o 1º e 2º colocados.

Regulamento
 01. Para o concurso serão apenas aceitos os roteiros em estilo conto, estando esse dentro do tema estabelecido no dia 20 de Setembro, por sorteio. Para facilitar o treino, serão liberados 6 pré-temas abaixo (o sorteio será de um desses temas):


1º Tema: Lenda do Boto. Com ambientação na ilha de São Luis, trazer a o Boto para a atualidade. Para quem não conhece a lenda, o resumo simples é: um boto cor de rosa, que durante as festas juninas, ele assume a forma de um homem bonito e conquistador e namorava com as garotas, engravidando-as ou afundando-as no rio. É a nossa lenda inversa da Sereia.

2º Tema: Cuca. A história também deve ser ambientada na Ilha de São Luis e passando a história na época atual. Para quem não conhece a lenda: A cuca é um hibrido com jacaré, que passa apenas uma noite dormindo a cada 7 anos. Ela seqüestra crianças desobedientes ao pai e mãe, principalmente aquelas que não vão dormir.

3º Tema: Boitatá. Ambientada na Ilha de São Luis e história passando na atualidade. O Boitatá tem várias formas, dependendo da região que conta a lenda. Usaremos a versão nordestina e norte: uma cobra ondulada de fogo, com olhos que parecem dois faróis e corpo transparente, que cintila nas noites em que aparece deslizando. O Boitatá também pode se transformar em tora em brasa, para queimar e punir quem coloca fogo nas matas. Quem se depara com o boitatá fica cego, pode morrer até ficar louco, assim, quem se deparar com a
criatura, deve ficar parado, sem respirar e de olhos bem fechados.

4º Tema: Mula-Sem-Cabeça. É uma criatura solta fogo pelo pescoço, local onde deveria estar sua cabeça, possui em seus cascos, ferraduras que são de prata ou de aço. Segundo o que contam, qualquer mulher que namorasse um padre, seria transformada em um monstro. O encanto poderia ser quebrado se alguém tirar o freio de ferro que a mula sem cabeça carrega.

5º Tema: Saci. O saci também tinha duas formas, a mais conhecida é influencia da mitologia africana, onde o saci é um negrinho, que perdeu a perna lutando capoeira. A lenda conta que o Saci está nos redemoinhos de vento e pode ser capturado jogando uma peneira sobre os redemoinhos. Pode ser capturado jogando uma peneira sobre os redemoinhos, após essa captura, deve-se retirar o capuz da criatura para garantir sua obediência e prendê-lo na garrafa. Os Sacis nascem em brotos de bambus, onde vivem sete anos, e após esse tempo, vivem mais setenta e sete para atentar a vida dos humanos e animais, quando morre vira um cogumelo venenoso ou uma orelha de pau.

6º Tema: Curupira. A criatura é o protetor das arvores, plantas e animais das florestas. Seus alvos principais são caçadores, lenhadores e pessoas que destroem as matas de forma predatória, assustando-os com emissão de sons e assovios agudos. Outra trática usada é a criação de imagens ilusórias e assustadoras para espantar os “inimigos das Florestas”.

Todos os Contos serão com ambientação em São Luís, com personagens do nosso folclore e ambientados na atualidade.  As caracterizações, personalidades e rumo da história serão decididos pelo autor.

02. Os contos deverão conter 3 páginas.
03. O participante terá que fazer todo seu texto no local do evento, onde serão disponibilizadas folhas para rascunho, folhas de entrega do conto e uma ficha de inscrição no concurso. As inscrições serão apenas feitas no local do evento. Todo o conto para submissão no concurso deverá está escrito em letra de forma, legível.
04. O descumprimento de algum item acima resultará em eliminação do concurso.

Avaliação
01. Os contos submetidos ao concurso serão avaliados por dois jurados, seguindo três critérios abaixo:
* Norma: Avaliação e revisão dos contos dentro das novas regras ortográficas e se está de acordo com o vocabulário da Academia Brasileira de Letras.
* Narrativa: Será avaliado a capacidade do autor em prender o leitor, a coerência e coesão dos parágrafos. Avaliação do uso correto dos elementos da narrativa (personagens). O uso correto do gênero proposto pelo concurso, uso de clichês e detecção de plágio.
* Estrutura: Como está sendo estruturado o texto (introdução, desenvolvimento e conclusão) O uso da 1º ou 3º pessoa corretamente. O uso de recursos no texto (elementos básicos).
02. Os critérios valerão de 0 a 10 pontos.
03. A nota final para classificação será a média desses três critérios.

Premiação
01. Será premiado o 1º e o 2º lugar, sendo que serão livros (divulgação em breve
dos títulos).
02. A divulgação e a premiação do concurso será realizado no dia 20 de Setembro de 2014, no evento IX SAF . 
Qualquer assunto não abordado neste regulamento será resolvido pela organizadora, J. S. Freitas.

Se você ficou em dúvida, basta escrever para a organizadora:

Contato
Jaciaras.freitas13@gmail.com (com o assunto
Concurso de Contos Folclóricos”).


Você também pode ter um contato direto, acessando o blog:
www.umsofaalareira.blogspot.com.br
.

Gostaram da novidade?

Até a próxima!

28 de Julho - Dia da Adesão do Maranhão à Independência


Feriado ou Ponto Facultativo?
Aqui é Feriado Estadual.

E para saber um pouco sobre a história, pode olhar aqui.